Sandamí, ex-Sambô, vai celebrar 100 anos do samba no Brazilian Fest de Pompano Beach

Iza, Biquini Cavadão, Di Ferrero e bandas locais também estarão no maior festival brasileiro da Flórida, que acontece nos dias 19 e 20 de outubro

0
5506
Sandamí (Foto Divulgação Brazilian Fest)

Os cem anos do samba serão celebrados em grande estilo no palco principal do Brazilian Fest de Pompano Beach, que acontece nos dias 19 e 20 de outubro, no Pompano Beach Community Park. O músico, ex-integrante do Sambô grupo de grande sucesso no Brasil, vai trazer o melhor do ritmo brasileiro para a Flórida.

Sandamí vai subir ao palco do festival no sábado (19), a partir das 4:30pm. O cantor  é dono de uma extensão vocal sem limites e agudos de rock´n´roll que ganham suingue com o inseparável pandeiro, o intérprete, compositor e percussionista lança sua carreira solo depois de 9 anos à frente do grupo Sambô. Reconhecido como um crossover entre o rock e o samba, o artista mostra que vai além com suas releituras e agora, também, com as canções autorais.

Natural de Bauru e criado em Descalvado (SP), aos dois anos de idade já dava as primeiras batidas no pandeiro e desfilava com os pais em escolas de samba. Aos oito, ganhou seu primeiro cachê fazendo malabarismo com pandeiro acompanhado por nove mulatas, arte que aprendeu com o pai. Aos 15, já se apresentava em bailes no interior de São Paulo. De lá para cá, o músico não parou mais.

Em 2006, se reuniu com um grupo de amigos para se divertir e fazer samba de qualidade, assumindo os vocais, os arranjos e o pandeiro do “Sambô”. A banda de Ribeirão Preto, que ficou conhecida em todo o país pela mistura do rock com o samba, lançou seu primeiro CD e DVD, “Sambô Ao Vivo”, em 2009, marcando seu nome na história da música brasileira com ousadia musical e transformando clássicos em um som cheio de suingue e batuque.

Ao longo dos seus 20 anos de carreira, Sandamí fez shows por todos os estados brasileiros e também no exterior – em 2015, participou de uma turnê pelos Estados Unidos com o Sambô, passando por seis cidades e em 2016 viajou com a Tour “De Tudo Pra Todos” para Doha, Catar.

Em 2017 gravou o álbum “Sandamí 100 Anos de Samba”, com canções das décadas de 1910 aos dias de hoje, sob a interpretação e o ponto de vista do artista, com arranjos primorosos e o estilo singular, sem a pretensão de escolher as músicas mais marcantes, pois são muitas, mas movido pela vontade de homenagear compositores e sambas que marcaram a sua vida e a de tantas pessoas.

Brazilian Fest 2019

Além de Sandamí e Iza, subirão ao palco o Biquini Cavadão, a banda de rock brasileira icônica, lendária e nostálgica do Rio de Janeiro, que vem atuando desde 1985; Di Ferrero, vocalista do NX Zero, e para as crianças e famílias, Lucas & Vinicius, o duo countryapresentado no programa de TV “The Voice Kids”. Bandas locaistambém se apresentarão durante todo o festival.

O festival deste ano é projetado para atrair aproximadamente 22.000pessoas ao parque, que tem 300.000pés quadrados, onde os participantes poderão desfrutar de 45 vendedores de alimentos multiculturais, uma área infantil, parque de esportes radicais, apresentação de samba, capoeira e quatro concertos musicais de renome divididos em dois palcos.

Dos 45 fornecedores de alimentos presentes, uma grande variedade de cozinhas multiculturais será servida, incluindo sushi, grego, indiano, mexicano, churrasco, tigelas de açaí e váriosestilos de comida brasileira, incluindo churrasco tradicional, acarajé e pão de queijo. “Temos uma variedade inacreditável”, disse Sameli. “O festival está se tornando um dos maiores festivais de culinária multicultural do ano”.

O palco principal também vai homenagear a arte brasileira colorida. O design do palco, chamado “Journey of the Mente”, será essencialmente uma tela gigante e vibrante pintada por um artista plásticos brasileiro da Flórida.

Além dos artistas principais, o festival terá um programa gospel de abertura do festival; apresentações dos próprios dançarinos de samba do festival brasileiro; performances de convidados de acrobatas de capoeira e percussionistas brasileiros; e a cerimônia do ‘Prêmio da Comunidade’,

Para mais informações acesse: https://www.brazilianfestpompano.org/