Seguindo a tradição, Trump perdoa dois perus às vésperas do Thanksgiving

'Peas' e 'Carrots' não serão abatidos e passarão o resto de suas vidas em fazenda na Virginia; tradição anual foi restabelecida pelo ex-presidente George H.W. Bush em 1989

0
1605
Trump salvou a vida de dois perus como manda a tradição FOTO Reuters Leah Millis
Trump salvou a vida de dois perus como manda a tradição FOTO Reuters Leah Millis

Em uma tradição anual do Thanksgiving – celebrado na quinta-feira (22) –  o presidente Donald Trump perdoou dois perus na tarde de terça-feira (20).

O perdão de Trump significa que os dois perus – um pássaro de 39 quilos chamado Peas e um de 41 quilos chamado Carrots – vão viver o resto de suas vidas em uma fazenda na Virgínia.

Ambos foram criados em uma fazenda perto de Huron, Dakota do Sul. A primeira-dama Melania Trump juntou-se ao marido para o ato de misericórdia realizado durante uma cerimônia alegre no Jardim das Rosas da Casa Branca.

O presidente George H.W. Bush restabeleceu a tradição do perdão de perus em 1989, poupando uma ave de 22 quilos.

Trump viajou para sua propriedade em West Palm Beach (FL) nesta terça para passar o feriado de Ação de Graças com a família. Para que o presidente chegue até Mar-a-Lago, sua residência de verão, diversas mudanças são feitas no tráfego, causando engarrafamentos e transtornos. O tráfego aéreo também sofre interrupções para a chegada e partida do presidente, que vai ocorrer no domingo (25). Com informações da Reuters.

Leia mais sobre o Thanksgiving aqui.