Brasil Manchete

Sem intenção de passar a faixa a Lula, Bolsonaro deve viajar para Orlando nos próximos dias

Fontes afirmam que Bolsonaro deve desembarcar nos EUA até o dia 1º de janeiro e se hospedar na casa de um fazendeiro, em Orlando, por tempo indeterminado

Jair Bolsonaro não deve passar a faixa presidencial para Luiz Inácio Lula da Silva. Foto: Agência Brasil

Há poucos dias da cerimônia de posse do presidente eleito Luis Inácio Lula da Silva, em 1º de janeiro, rumores apontam para uma eventual ausência do atual chefe do Executivo nacional, Jair Bolsonaro, na entrega da faixa presidencial.

Segundo reportagem do portal Metrópoles, integrantes do chamado “escalão avançado” do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) chegaram em Orlando, na quarta-feira (28), para preparar a chegada de Bolsonaro aos Estados Unidos, prevista para os próximos dias.

De acordo com o colunista Igor Gadelha, Bolsonaro vai viajar em um avião da Força Aérea Brasileira, na sexta-feira (30), antes da cerimônia de posse do petista em Brasília. Bolsonaro, que deve ficar na residência emprestada de um fazendeiro, cujo nome não foi divulgado, por tempo indeterminado e sem a companhia da esposa, Michelle Bolsonaro.

Outras fontes afirmam que o presidente está avaliando a viagem aos Estados Unidos e que confirmará a decisão até 31 de dezembro, data limite para o uso do avião da FAB.

A passagem da faixa presidencial é um ato simbólico e foi instituída pelo então presidente Hermes da Fonseca, em 1910. No Brasil, o último presidente a se recusar a comparecer à posse de seu sucessor foi o general João Baptista Figueiredo, último chefe de estado da Ditadura Militar, que não entregou a faixa ao mandatário interino, José Sarney, em 1985, após a internação do presidente eleito Tancredo Neves.

Baixe nosso aplicativo