Sonda americana chega a Marte nesta quinta-feira

0
606
Ilustração mostra a chegada do veículo rover no solo marciano (Foto: Nasa)
Ilustração mostra a chegada do veículo rover no solo marciano (Foto: Nasa)

O pouso da sonda norte-americana que colocará o veículo exploratório Rover Perseverance no solo de Marte será nesta quinta-feira (18).

O Mars 2020 Perseverance Rover foi criado com o objetivo de melhor compreender a geologia de Marte e procurar sinais de vida no planeta. Para tanto, recolherá e armazenará, com a ajuda de uma broca, amostras de rocha e solo que poderão ser devolvidas à Terra no futuro. Além disso, testará novas tecnologias que poderão beneficiar futuras explorações robóticas e humanas no Planeta Vermelho.

Em função da janela espacial que deixa Terra e Marte próximas durante alguns períodos, outras missões estão também em andamento, tendo como alvo aquele planeta. É o caso da sonda Hope (Esperança), dos Emirados Árabes Unidos; e da chinesa Tianwen-1 (Astronomia 1). As três sondas, duas das quais levam rovers (veículos exploratórios), têm missões muito diferentes, mas com um objetivo comum: conhecer melhor o planeta.

Cada sonda teve de percorrer uma longa etapa, cerca de 400 milhões de quilômetros entre os dois planetas, sem que as equipes saibam o desfecho de suas criações. Uma das fases mais críticas da missão é a de travar as sondas para que não cheguem demasiado depressa ao solo marciano, o que pode acarretar a destruição automática do equipamento.

O lançamento da missão Mars 2020 Perseverance foi em julho de 2020, a partir da Estação da Força Aérea na Flórida. O pouso está previsto para ser em “um antigo delta de um rio em um lago que outrora encheu a cratera de Jezero”. A expectativa é de que o veículo permaneça por pelo menos um ano em solo marciano, o que equivale a dois anos na Terra.