Suprema Corte rejeita recurso do governo e Califórnia permanece “estado-santuário” para imigrantes

Policiais do Estado não poderão entregar imigrantes indocumentados para o ICE

0
1455
Suprema Corte dá vitória à Califórnia (Foto TexasGOPVote.com - Flickr)

A Suprema Corte rejeitou um recurso do governo Trump para derrubar a lei estadual SB-54, que proíbe as agências estaduais e a polícia de “investigar, interrogar, deter ou detectar pessoas com o propósito de cumprir com as leis de imigração”.

Isso quer dizer que as autoridades locais não poderão entregar imigrantes indocumentados para o U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE).

Somente os juízes Clarence Thomas e Samuel Alito Jr. votaram para debater o recurso do governo, o que não foi suficiente.  A negativa da Corte mais alta do País é considerada uma grande vitória para o Estado da Califórnia, que vem confrontando a administração Trump há alguns anos.

O recurso do governo foi impetrado em 2017 pelo então procurador-geral Jeff Sessions. Ele alegou que a lei de “estado-santuário” era inconstitucional porque interferia no trabalho do ICE.  O caso foi chamado United States versus Califórnia.

O procurador-geral da Califórnia, Xavier Becerra, comemorou a decisão da Suprema Corte e disse que “é um grande passo”, mas a população imigrante do estado sempre vê as políticas imigratórias “com um pé atrás”.

“A última coisa que queremos ver é a quebra da confiança entre imigrantes e o governo da Califórnia. Hoje estamos vendo toda a dor provocada pela quebra da confiança”, disse citando os casos de violência policial contra negros.