Identificadas as 17 vítimas do atirador da escola em Parkland

Aaron Feis foi atingido quando tentava proteger os alunos da fúria do atirador; não há brasileiros entre as vítimas

0
3712
Técnico de futebol assassinado durante o massacre FOTO: LOCAL10NEWS
Técnico de futebol assassinado durante o massacre FOTO: LOCAL10NEWS

Um assistente de técnico de futebol da Marjory Stoneman Douglas High School está entre as vítimas do atentado, que matou 17 pessoas e feriu outras 16 na tarde de quarta-feira (14) em Parkland, Flórida. De acordo com testemunhas, Aaron Feis, se colocou na frente para proteger alunos da fúria de Nikolas Cruz, de 19 anos, preso acusado pelas mortes.

“É com muita tristeza que nossa família e nosso grupo de futebol soube da morte de Aaron Feis. Ele era o nosso técnico assistente e segurança da escola. Ele se colocou na frente dos alunos para protegê-los e foi atingido. Ele morreu como herói e vai ser sempre lembrado por todos”, escreveu o time de futebol da escola no Twitter.

A estudante Gabrielle Pupo disse que Feis foi atingido tentando ajudar as crianças. “Eu vi duas crianças correndo e então o avistei fazendo gestos com a mão para que nos afastássemos”, disse Gabrielle.

De acordo com o Consulado Geral do Brasil em Miami, o consulado não recebeu nenhum pedido de assistência até o momento. Não há notícias de que brasileiros tenham sido feridos no incidente. A comunidade brasileira é grande na região e diversos brasileiros e filhos de brasileiros estudam no local, que tem mais de 3 mil alunos.

Vítimas identificadas 

Jaime Guttenberg, aluna

O pai da estudante, Fred, compartilhou a notícia da morte da filha no Facebook. “Meu coração está partido. Ontem, Jennifer Bloom Guttenberg e eu perdemos nossa garotinha num tiroteio violento em sua escola. Perdemos nossa filha, e meu filho Jesse Guttenberg perdeu sua irmã. Estou destruído e enquanto escrevo isso tento pensar como minha família passará por isso. Agradecemos todas as chamadas e mensagens e pedimos desculpas por não responder a todas individualmente. Jen e eu vamos ver como vão as coisas hoje e então pedimos que você respeitem nossa privacidade”, publicou.

Jaime Guttenbberg está entre as vítimas
Jaime Guttenbberg está entre as vítimas

Joaquin Oliver, aluno

Joaquin Oliver jovem venezuelano que morreu no ataque
Joaquin Oliver jovem venezuelano que morreu no ataque

O professor Scott Beigel, de 35 anos, estava na sala de aula e ensinava Ciências Sociais. Gina Montalto, de 14 anos, Meadow Pollack, Nicholas Dworet, Cara Loughran, Martin Duque, Alyssa Alhadeff, Joaquin Oliver, de 17 anos, Chris Hixon, Alex Schater, Alaina Petty, Peter Wang, Luke Hoyer, Helena Ramsey e Carmen Schentrup morreram no massacre.