Tenente suspenso por sexo com mulher nas dependências do Corpo de Bombeiros

Bombeiro recebeu ameaça de extorsão da mulher que ele conheceu através de um aplicativo

0
1105
Tenente do Corpo de Bombeiros de Pompano Beach foi suspenso por dois meses sem pagamento de salários (Foto: pompanobeachfl.gov)
Tenente do Corpo de Bombeiros de Pompano Beach foi suspenso por dois meses sem pagamento de salários (Foto: pompanobeachfl.gov)

Um tenente da Equipe de Resgate de Bombeiros de Pompano Beach foi suspenso sem pagamento por dois meses depois de admitir ter feito sexo com uma mulher no quartel dos bombeiros durante o serviço, como mostram os registros da cidade.

A suspensão do tenente Travis Darrisaw durará até outubro. Ele foi contratado em 2015 e recebe $83.075 por ano. De acordo com os registros da cidade, Darrisaw na delegacia admitiu ter o encontro com a mulher. Ele se desculpou com a corporação, e disse estar rezando para manter seu emprego ao admitir não ter feito algo do qual se orgulhava.

“Seus atos são inaceitáveis ​​e não podem ser tolerados”, alertou o chefe Chad Brocato em memorando datado de 10 de agosto. O tenente violou várias regras do departamento de “conduta imprópria”.

Os investigadores dizem que o incidente aconteceu em uma noite de maio, no Corpo de Bombeiros 11 à beira-mar, em seus dormitórios “quando os outros bombeiros da estação estavam dormindo”.

Mais tarde, a mulher, que ele conheceu por meio de um aplicativo, disse que “se ele gostasse do trabalho” ela precisaria ser paga, e mandou uma foto dele se vestindo em seu quarto. A investigação incluiu a entrevista com o tenente.

Darrisaw “entrou em pânico”, então disse a um policial que estava em seu carro-patrulha do lado de fora da delegacia, de acordo com os depoimentos. A mulher ligou enquanto ele estava no estacionamento, e colocou a chamada no viva-voz para que algumas de suas ligações subsequentes com a mulher, incluindo conversas sobre dinheiro, fossem gravadas no vídeo da câmera corporal do policial.