‘The Conners’ estreia sem Roseanne, atriz expulsa após tuites racistas

A nova série começa três semanas depois do funeral de Roseanne, quando a família fica sabendo, para sua grande surpresa, que a heroína faleceu de uma overdose de opiáceos

0
851
Roseanne Bar foi demitida após mensagens racistas
Roseanne Bar foi demitida após mensagens racistas

A personagem de Roseanne Barr morreu em “The Conners”, o programa de TV spin-off da antiga série “Roseanne” e criada depois que ela foi demitida por ter feito um comentário racista no Twitter, e a atriz não ficou nada satisfeita.

“Não estou morta, babacas!!!!”, tuitou a atriz, de 65 anos, conhecida por sua franqueza excessiva, após a estreia da nova sitcom da ABC.

A nova série começa três semanas depois do funeral de Roseanne, quando a família fica sabendo, para sua grande surpresa, que a heroína faleceu de uma overdose de opiáceos, uma das principais causas de morte nos Estados Unidos.

No final de maio, a ABC cancelou abruptamente a série depois de um tuíte de Roseanne – uma defensora ferrenha do presidente republicano Donald Trump – no qual ela comparou a alta conselheira ao ex-presidente Barack Obama, Valerie Jarrett, que é negra, com um macaco. “A Irmandade Muçulmana e o Planeta dos Macacos tiveram um bebê-vj”, tuitou Roseanne.

Embora mais tarde ela tenha excluído o texto e tenha se desculpado, a presidente do canal ABC, Channing Dungey, descreveu o comentário como “repugnante e inconsistente com nossos valores”, despediu Roseanne e não recuou em sua decisão.