Tiroteio em loja do Walmart, na Virgínia, deixa ao menos sete mortos

Vitimas eram funcionários da rede de supermercados; presidente Biden lamentou mais uma tragédia na véspera do Thanksgiving

0
807
Policia ainda não sabe o que teria motivado a ação do atirador (foto: Flicr)

O departamento de policia de Chesapeake, na Virgínia, confirmou ao menos sete mortos, até o momento, em um um tiroteio em uma uma unidade do Walmart na noite desta terça- feira (22). O atirador era um funcionário da loja e, segundo a polícia, teria cometido suicídio logo após efetuar os disparos. As circunstâncias do tiroteio e o que teria motivado a ação do criminoso ainda não estão claras.

O primeiro chamado para o 911 foi registrado às 10:12 pm. O suspeito, de acordo com a investigação em andamento, teria aberto fogo em uma sala onde vários trabalhadores estariam reunidos durante um intervalo para descanso. Todas as vítimas eram empregados da rede. “Estamos chocados com este trágico evento em nossa loja em Chesapeake”, disse o Walmart em um comunicado. “Estamos orando pelos afetados, pela comunidade e por nossos associados. Estamos trabalhando em estreita colaboração com a aplicação da lei e estamos focados em apoiar nossos associados”, afirmou a nota.


Os detetives ainda não divulgaram as identidades dos mortos na tragédia, tampouco a arma usada no ataque. Na manhã desta quarta-feira, o presidente Joe Biden lamentou as perdas na véspera do Thanksgiving .“Agora há ainda mais mesas em todo o país que terão assentos vazios neste dia, disse Biden. O presidente informou ainda que direcionou funcionários federais para fornecer apoio e assistência necessários ao povo de Chesapeake.