Três brasileiros são presos acusados de abrir fogo durante festa em Massachusetts; seis foram baleados

Acusados abriram fogo durante uma festa que reunia vários brasileiros em uma warehouse; Eric Lima, de 18 anos, levou um tiro na cabeça e está em estado grave

0
4387
Patriky Sampaio Gomes com seu advogado e um intérprete no Central District Court. Foto: Reprodução Masslive

Três brasileiros foram presos em Worcester, Massachusetts, por suposto envolvimento em um tiroteio que deixou ao menos seis pessoas baleadas durante uma festa que acontecia em um galpão de depósito (warehouse), localizado na 88 Webster Street. Dois mandados de prisão foram cumpridos na quarta-feira (19) na cidade em que ocorreu o incidente, e um em Danbury, Connecticut.

Patriky Sampaio Gomes, 21, Carlos Junio Alves Silva, 20, e Luis Fernando Alves Silva, 18, enfrentam acusações de porte de arma e munição sem licença; agressão agravada com uso de arma, e disparo a menos de 150 metros de uma residência.

Segundo o relatório do xerife Ryan Stone, do Worcester Police Department, por volta das três horas da manhã do dia 15 de outubro, os agentes receberam vários chamados sobre um homem baleado no warehouse; onde vários brasileiros estavam reunidos em uma festa.

Quando chegaram ao local, os oficiais encontraram um jovem de 18 anos, mais tarde identificado como como Eric Lima, também brasileiro, caído com um tiro na cabeça. Ele foi levado de ambulância para um hospital próximo onde segue internado em estado grave.

Durante as investigações, os policiais tomaram conhecimento de várias outras vítimas. Eles localizaram as pessoas em endereços próximos ao depósito onde ocorreu a festa, e em hospitais da área.

Em depoimento à polícia sob condição de anonimato, uma testemunha disse que os acusados apontaram armas e abriram fogo “na direção de várias pessoas” e identificou Patrik como um dos autores dos disparos.

A investigação ainda está em andamento e a polícia não sabe o que motivou os atiradores. Os detetives pedem que qualquer pessoa com informações sobre o incidente envie mensagem de texto para 274637 TIPWPD, ou entre em contato pelo telefone (508) 799-8651. A identidade dos denunciantes serão mantidas em sigilo.