Imigração

Trump promete conceder green card a estrangeiros formados em universidades americanas

Defensores dos direitos dos imigrantes não foram convencidos pela proposta de Trump, que limitou o uso de trabalhadores estrangeiros qualificados quando foi presidente

Trump afirma que concederia green card para formados nos EUA. Foto: All-In Podcast

O candidato republicano à presidência, Donald Trump, afirmou em um podcast veiculado na quinta-feira (20) que estudantes que se formam em universidades dos EUA deveriam receber um green card para permanecer no país. Durante o podcast All-In, apresentado por investidores de tecnologia do Vale do Silício, o apresentador Jason Calacanis disse a Trump que os EUA precisam reter legalmente mais trabalhadores altamente qualificados, uma questão importante para a indústria de tecnologia.

“Você pode nos prometer que nos dará mais capacidade de importar os melhores e mais brilhantes talentos do mundo para a América?” perguntou Calacanis. “Eu prometo,” disse Trump. “Porque eu concordo, caso contrário não prometeria… Se você se formar em uma universidade, acho que deveria receber automaticamente, como parte do seu diploma, um green card para poder ficar neste país, e isso inclui faculdades comunitárias também”, defendeu o republicano.

Durante a entrevista, não ficou claro se Trump se referia a todos os estrangeiros, incluindo aqueles que vieram para os Estados Unidos ilegalmente ou que ultrapassaram a validade de seus vistos, ou apenas àqueles com vistos de estudante. Questionada, a campanha de Trump afirmou em comunicado que apenas após “um processo de verificação detalhado, os graduados mais qualificados que possam fazer contribuições significativas para a América poderiam ficar”.

A campanha de Biden respondeu à declaração de Trump com críticas. “Cada oportunidade que Donald Trump teve no cargo, ele fez de sua missão destruir famílias de imigrantes para seu próprio ganho político,” disse o porta-voz da campanha de Biden, Kevin Munoz. “A promessa vazia de Trump é tanto uma mentira quanto um insulto, especialmente para as inúmeras pessoas que foram permanentemente prejudicadas por seu primeiro mandato no cargo.”

Defensores dos direitos dos imigrantes também não foram convencidos pela proposta de Trump. “Quase tenho que rir porque sua administração adotou várias políticas visando restringir vistos de estudantes e dificultar a permanência de pessoas no país após se formarem,” disse Aaron Reichlin-Melnick, diretor de políticas do American Immigration Council.

Durante sua presidência, a administração Trump tomou medidas para limitar o uso de trabalhadores estrangeiros qualificados pelas empresas americanas com vistos H-1B, uma opção de visto importante para estudantes internacionais que buscam permanecer nos Estados Unidos.

Durante a pandemia de coronavírus, o governo Trump tentou forçar dezenas de milhares de estudantes estrangeiros a deixar o país se suas escolas realizassem todas as aulas online. Enfrentando processos judiciais e forte oposição de faculdades e universidades, a administração posteriormente rescindiu a ordem.

Trump prometeu uma ampla repressão a imigração se for eleição em novembro contra o democrata Joe Biden, e criticou os esforços de Biden para conter o número recorde de migrantes cruzando ilegalmente para os EUA.

Fonte: Reuters

Compartilhar Post:

Baixe nosso aplicativo