Trump vai retaliar Brasil e Argentina por causa do câmbio

Presidente diz que vai aumentar as taxas de importação sobre aço e alumínio dos dois países por conta da política cambial de desvalorização de suas moedas com relação ao dólar

0
8221
Os imóveis comerciais de Trump representam cerca de três quartos de seu patrimônio líquido
Os imóveis comerciais de Trump representam cerca de três quartos de seu patrimônio líquido

O presidente Donald Trump criticou Brasil e Argentina pelo Twitter, na manhã desta segunda (2), acusando os dois países de desvalorizarem suas moedas de modo a prejudicar os fazendeiros americanos. Como retaliação, anunciou que vai aumentar as taxas sobre alumínio e aço importados dos dois países.

“Brasil e Argentina estão promovendo uma enorme desvalorização de suas moedas, o que é ruim para os nossos fazendeiros. Portanto, com efeito imediato, vou restaurar as taxas sobre o aço e o alumínio que são exportados desses países para os EUA”, escreveu Trump.

Além da retaliação tarifária, o presidente pediu ao Federal Reserve que faça alguma coisa para evitar que outros países “tirem vantagens do nosso dólar forte, tornando as coisas muito difíceis para nossas manufaturas e fazendeiros exportarem seus produtos.”

Depois do anúncio da retaliação, o presidente comentou com jornalistas a decisão. “Eles desvalorizaram suas moedas de modo substancial, em 10%. Eu havia concedido a eles um grande alívio tarifário, mas agora estou retirando isso. É muito injusto com a nossa indústria, é muito injusto com nossos fazendeiros. Nossas indústrias de aço vão ficar muito felizes, nossos fazendeiros vão ficar muito felizes com o que eu fiz”