Trump volta a falar que quer acabar com a cidadania para ‘bebês âncora’

“Estamos levando esta questão muito a sério... é simplesmente ridículo”, disse o presidente sobre pessoas que vêm aos EUA para ter filhos e voltam para os seus países

0
2565
Trump em entrevista nos jardins da Casa Branca na terça-feira (30) (Foto Reprodução Globo News)
Trump em entrevista nos jardins da Casa Branca (Foto Reprodução Globo News)

O presidente Trump falou em entrevista a jornalistas na quarta-feira (20) sobre sua intenção em acabar com os chamados ‘bebês âncoras’, filhos de imigrantes que vêm para os Estados Unidos somente para ter os bebês e em seguida voltam para os seus países de origem. Trump também quer acabar com os direitos à cidadania americana de filhos de imigrantes indocumentados, apesar de isso ferir a Constituição Americana.

“Estamos levando esta questão muito a sério. Você entra nos EUA tem seu filho e, parabéns, seu filho é agora um cidadão americano. Isso é simplesmente ridículo”, disse Trump aos repórteres.

Desde a sua campanha à presidência em 2016 Trump vem batendo nesta tecla.

“Somos um dos únicos países do mundo onde uma pessoa entra, tem um bebê e ele é essencialmente um cidadão dos Estados Unidos por 85 anos, com todos os benefícios. Isto é ridículo e tem que acabar”, afirmou Trump em entrevista em 2018 sobre o assunto.

O problema é que o presidente esbarra na Constituição dos Estados Unidos que é clara ao dizer: “Todas as pessoas nascidas ou naturalizadas nos Estados Unidos e sujeitas à sua jurisdição são cidadãos dos Estados Unidos”.

A ideia, portanto, ainda está longe de virar realidade, pois uma mudança na Constituição implica procedimentos que não incluem o decreto presidencial. (Com informações da Reuters)