Uber e Lyft anunciam aumento nos preços das corridas para acompanhar alta da gasolina

Valor pago a mais pelos usuários será 100% repassado aos motoristas dos aplicativos, informaram as empresas

0
948
Valores reajustados começam a valer nesta quarta (foto: Pixabay)

Os clientes do Uber e Lyft vão começar a pagar mais caro pelas corridas a partir de amanhã, 16 de março. De acordo com as empresas, o reajuste é para acompanhar a alta no preço da gasolina. Nos EUA, os usuários do Uber serão taxados em $0,45 ou $0,55 centavos a mais em cada viagem, dependendo da localização e distância, e $0,35 ou $0,45 centavos a mais em cada pedido do Uber Eats. A sobretaxa, que os administradores da empresa disseram que é temporária, será repassada 100% para os motoristas do aplicativo. Os reajustes não se aplicam aos trabalhadores do Uber da cidade de New York, pois eles já receberam um aumento de 5,3% em 1º de março por conta do aumento nos preços da gasolina.

A Lyft também está pedindo a seus passageiros que paguem uma sobretaxa temporária de combustível, mas não foi revelado o valor que será adicionado às corridas. O montante extra também será entregue aos motorisas.