UFC terá etapa em Tampa neste sábado (16)

Lyoto Machida admite uso de substância proibida e está fora da luta; equipe de seu rival ficou indignada

0
1558
Lyoto Machida enfrentaria Dan Henderson no UFC em Tampa
Lyoto Machida enfrentaria Dan Henderson no UFC em Tampa

DA REDAÇÃO (com Globo Esporte) – O brasileiro Lyoto Machida está fora da luta deste sábado do UFC, em Tampa (FL). Ele admitiu o uso de substâncias proibidas e foi retirado do combate, em que enfrentaria o americano Dan Henderson.

Machida admitiu o doping após ter feito um exame surpresa da Agência Antidoping dos Estados Unidos. O brasileiro deve ir a julgamento após a confirmação do resultado positivo do teste.

Devido ao pouco tempo para encontrar um substituto para Machida, Dan Henderson será retirado do card – os dois fariam a segunda luta mais importante da noite.

No início da noite, o brasileiro publicou um vídeo na sua conta no Facebook explicando o caso. Machida pediu desculpas aos torcedores e disse que foi pego de surpresa com a notícia de que a substância utilizada era proibida pela Usada.

“Me preparei muito para a luta, mas infelizmente fui pego de surpresa”, declarou Machida no depoimento.

Má fé

A insatisfação tomou conta da equipe de Dan Henderson, na quarta-feira (13). Em Tampa para o UFC deste sábado, o americano viu sua luta contra Lyoto Machida ser cancelada a três dias do evento.

A justificativa de Lyoto Machida não comoveu Ricardo “Pantcho” Feliciano, treinador de jiu-jítsu de Henderson. O brasileiro afirma que o “Dragão” foi desrespeitoso e duvidou do compatriota, que disse não saber que a substância DHEA, encontrada no suplemento 7-Keto estava proibida – o que consta na lista da USADA desde 2012.

“Eu não acredito no que ele falou, não acredito que ele seja inocente. Sinceramente, não acredito. Foi falta de respeito com o UFC, com o esporte e com o Dan Henderosn. Isso foi um “caô” (mentira) para os fãs que não sabem o que se passa acreditarem. E, infelizmente, eles vão acreditar e apoiá-lo. Na realidade, foi um desrespeito”, declarou, em entrevista exclusiva ao Combate.com.

Pantcho conta que, quando Henderson informou que o confronto havia sido cancelado, os demais integrantes da equipe não acreditaram, afinal, foram meses de trabalho intenso, pulverizados a três dias do evento.

“Ficamos chateados, achávamos que fosse brincadeira no começo, quando o Dan veio no quarto falar conosco que a luta seria cancelada por um problema do Lyoto. Depois ele foi para a varanda falar com o empresário dele e confirmou. Foi muito ruim, o Dan está chateado para caramba. É tempo de treinamento, vontade de lutar, despesa.É difícil, ele está bem triste. Foi um choque.Tentaram arrumar adversário, mas por estar em cima do evento, não arrumaram ninguém”.

O brasileiro espera que o confronto entre Dan Henderson e Lyoto Machida – que se enfrentaram em 2013 – seja remarcado e não sabe dizer sobre o futuro de Hendo, cujo contrato com o Ultimate se encerra no próximo embate.

Os confrontos começam a ser exibidos às 8pm. Mais informações no site www.ufc.com.