Ultra Music Festival em Miami deve ser cancelado por causa do coronavírus

Um dos maiores festivais de música eletrônica do mundo reúne visitantes de mais de 80 países e autoridades temem a propagação do vírus; anúncio sobre cancelamento deve ser feito nesta sexta-feira (6)

0
1209
Festival é um dos maiores do mundo (Foto Divulgação UMF)

O Ultra Music Festival está marcado para os dias 20, 21 e 22 de março, mas se depender de autoridades em Miami, não vai acontecer. Um dos maiores festivais de música eletrônica do mundo é realizado no Bay Front Park, em Downtown Miami, e reúne nada menos que turistas de mais de 80 países, o que representaria um risco de propagação do coronavírus.

De acordo com informações do Miami Herald, a decisão de adiar – que está causando uma grande comoção nas redes sociais – foi tomada na quarta-feira (4) entre os organizadores do evento, o prefeito Francis Suarez e o commissioner Joe Carollo. Eles disseram que o festival seria adiado e não cancelado, mas fontes disseram que é muito difícil achar uma data antes do ano que vem.

“Nós não estamos dizendo que vamos cancelar, estamos querendo suspender o evento”, disse Carollo.

Uma decisão final sobre o assunto será anunciada nesta sexta-feira (6).

Na Flórida existem três casos confirmados de coronavírus na área de Tampa Bay. Nos Estados Unidos, 11 pessoas já morreram por causa da doença, que já matou mais de três mil pessoas em todo o mundo.