United Airlines pode anunciar maior negócio do setor aeronáutico do mundo

Anúncio pode ser feito na próxima semana, 10 anos depois das últimas encomendas de empresas aéreas americanas

0
389
Um Boeing 737 da United Airlines Boeing 737 Max foi fotografado na fábrica da Boeing em Renton, Washington, em novembro de 2020 (Foto: AFP)
Um Boeing 737 da United Airlines Boeing 737 Max foi fotografado na fábrica da Boeing em Renton, Washington, em novembro de 2020 (Foto: AFP)

A United Airlines pretende anunciar o maior pedido de compra de aeronaves do mundo na semana que vem. 

A empresa aérea revelou que falará sobre sua estratégia de negócios, mas o que vem agitando o mercado é a revelação daquele que se projeta como a maior encomenda de aeronaves já realizada.

A Bloomberg, segundo fontes, divulgou em 10 de junho que a United poderia encomendar 100 jatos Boeing 737 Max 8. Depois, a CNBC divulgou, também segundo fontes, que a companhia estava em negociações para adquirir cerca de 200 jatos de fileiras únicas em um negócio bilionário que envolve tanto aviões Airbus A321 como Boeing 737 Max.

Os maiores pedidos da história da aviação americana incluem a aquisição de jatos: 200 Boeing 737 e 260 Airbus A321, em 2011.  

O negócio foi avaliado em US$38 bilhões, conforme o preço listado; normalmente, esses preços são cortados pela metade em negócios vultosos. Na negociação, a Boeing concordou em equipar os 737 com novos motores, levando à criação do Max e seu subsequente fiasco de segurança.

Esta foi a última vez que as companhias americanas fizeram pedidos desde 2011, e a American ficou com 336 aviões.

O maior negócio do setor de aviação, segundo o website Simple Flying in 2020, fo0i realizado em 2013, quando a Emirates anunciou uma encomenda de 150 aviões Boeing 777X aircraft, avaliados em $76 bilhões. Em 2019, a Emirates escolheu uma mescla de 126 aeronaves Boeing 777X e 30 Boeing 787s. A lista de preços foi revisada para cerca de $50 mihões. Ainda um recorde, de acordo com os valores do negócio executado.