Uso de máscaras é obrigatório em prédios públicos do Sul da Flórida

Lojas, supermercados e shoppings ainda deixam a decisão de usar ou não a máscaras a cargo do consumidor

0
586
Maioria das infecções está acontecendo com indivíduos não vacinados (Foto: Flickr)
Maioria das infecções está acontecendo com indivíduos não vacinados (Foto: Flickr)

Para quem se vacinou e pensou que estava livre de usar máscaras e que a pandemia havia ficado para trás nos Estados Unidos, se enganou. Depois que o Centers for Disease Control and Protection (CDC) voltou atrás e determinou o uso de máscaras para vacinados ou não em lugares fechados, os prédios públicos do Sul da Flórida já estão exigindo o uso do acessório. 

Cidades dos condados de Miami-Dade, Broward e Palm Beach já anunciaram a exigência. Deerfield Beach foi uma das últimas a anunciar a decisão e, a partir desta quarta-feira (4), não será permitido entrar em qualquer prédio da cidade sem usar máscara, independentemente se tomou ou não a vacina. 

Segundo o Departamento de Saúde da Flórida, a variante Delta é dominante no Estado e aumentou o número de casos assustadoramente nas últimas semanas. 

As cidades adotaram as medidas recomendadas pelo governo federal apesar de o governador da FL, Ron DeSantis, proibir punição a quem descumprir a exigência.

Grande parte dos serviços oferecidos pelos prédios públicos estão disponíveis online. 

Lojas e supermercados

A maioria do comércio no Sul da Flórida não está exigindo o uso de máscara por parte dos consumidores. Eles apenas recomendam o uso da proteção facial. 

Publix, Walmart e Home Depot, por exemplo, determinaram que empregados usem máscaras. 

Restaurantes também não estão exigindo o uso de máscaras por enquanto.