Vacina da Pfizer é segura e eficaz em crianças de 5 a 11 anos, diz laboratório

Próximo passo será submeter estudos ao FDA, que vai decidir sobre aprovação de vacinação para essa faixa etária

0
600
Vacina da Pfizer já é distribuída nos EUA (Foto: Flickr/Justin Tallis)
Vacina da Pfizer tem eficácia comprovada (Foto: Flickr/Justin Tallis)

A Pfizer apresentou, nesta segunda-feira (20), resultados de resposta imunológica de crianças na faixa etária de 5 a 11 anos para a vacina contra a covid-19 produzida pelo laboratório. “A vacina é segura e apresenta uma robusta resposta na produção de anticorpos em crianças de 5 a 11 anos”, informa a Pfizer/BioNTech.

“Desde julho, os casos pediátricos de Covid-19 aumentaram cerca de 240% por cento nos EUA, enfatizando a necessidade de vacinação”, disse o presidente-executivo da Pfizer, Albert Bourla, em um comunicado à imprensa.

O próximo passo será buscar a aprovação da vacina para essa faixa etária junto ao US Food and Drug Administration (FDA), que deve receber a documentação nos próximos dias.

A pesquisa incluiu 2.268 participantes com idades entre 5 e 11 anos, que receberam as duas doses da vacina em um intervalo de 21 dias de uma para a outra. A concentração da vacina é menor que a administrada em maiores de 12 anos. Nesses testes foram administradas doses com 10 microgramas, concentração três vezes menor que nos adultos.

Os testes checaram a resposta imunológica à vacina comparando com outros grupos de idades diferentes. “Além disso, a vacina teve os efeitos colaterais comparados aos observados em pessoas de 16 a 25 anos”, disse a empresa, que confirmou que não houve nenhum efeito colateral grave, como miocardite.

A vacina da Pfizer/BioNTech é aprovada para pessoas maiores de 16 anos e autorizada para maiores de 12 anos.

O laboratório deve iniciar pesquisas com crianças abaixo de cinco anos de idade ainda este ano. (Com informações da CNN)