Antonio Tozzi Esportes

Adeus a um craque que extrapolou o Gigante da Colina

Roberto Dinamite, o maior jogador do Vasco da Gama, partiu cedo, mas deixou uma legião de fãs que choraram muito em sua despedida (Foto: Reprodução/Vasco da Gama)
Roberto Dinamite, o maior jogador do Vasco da Gama, partiu cedo, mas deixou uma legião de fãs que choraram muito em sua despedida (Foto: Reprodução/Vasco da Gama)

Roberto Dinamite é considerado o maior craque da história do Club de Regatas Vasco da Gama, apelidado de Gigante da Colina, pelo fato de o clube carioca estar situado em um local mais alto da zona norte do Rio de Janeiro.

Mesmo sendo paulistano, sempre admirei o futebol de Roberto Dinamite. Não sei dizer se ele é o maior jogador da história deste clube secular, que teve outros grandes nomes, sobretudo nas décadas de 40 e 5º, quando o Cruzmaltino era conhecido como “Expresso da Vitória”. O que posso afirmar é que ele foi um dos meus ídolos. Por ter a minha idade, 68 anos, pude acompanhar mais de perto seus feitos com as camisas do Vasco, da Seleção Brasileira e da Portuguesa de Desportos, onde jogou por pouco tempo. 

Aliás, acompanhar a carreira de um goleador nato – maior artilheiro do Campeonato Brasileiro – sempre foi um prazer, deleitando-se com suas jogadas. Até porque na condição de palmeirense, havia simpatia pelo Vasco da Gama. Não à toa, os dois clubes têm torcidas irmãs. Talvez pelo fato de ambos serem clubes oriundos de colônias – Palmeiras, da colônia italiana, e Vasco da Gama, da colônia portuguesa.

Um dos jogos mais especiais de Roberto Dinamite pelo Vasco da Gama foi seu retorno ao Maracanã, em 1980, após passagem pela Espanha. Dinamite fez os cinco gols do Vasco contra o Corinthians, em goleada de 5 a 2 pelo Brasileirão. Foi o segundo jogo dele após passagem curta pelo Barcelona (ESP), o primeiro no Maracanã. O ex-atacante disse ter sido “um dia especial” e que, onde ia, sempre comentavam sobre esse jogo. Dinamite fez quatro gols só no primeiro tempo daquela goleada. O Corinthians até saiu na frente com gol do volante Caçapava, mas dois minutos depois começou o show do camisa 10 vascaíno. Ele empatou após bola roubada na entrada da área, virou com um chute de longe, fez o terceiro ao receber nas costas da zaga e o quarto aproveitando um rebote. Tudo isso em um intervalo de meia hora.

O Corinthians tinha Wladimir, Zé Maria, Basílio e Sócrates em campo, e foi este último que diminuiu de pênalti pouco antes do intervalo. No segundo tempo, porém, Dinamite fez o quinto e fechou o placar com um golaço de fora da área, no ângulo. O Maracanã estava lotado naquela tarde de domingo, dia 4 de maio. Houve rodada dupla do Brasileirão, e mais de 100 mil pessoas foram ao estádio para ver a preliminar entre Flamengo e Bangu e a goleada vascaína horas depois. Ironicamente, a torcida do Flamengo se unira aos corintianos para torcer contra seu rival carioca. Dinamite literalmente “dinamitou” a criada (e depois desmontada) “Flarinthians”. 

Vítima de câncer no intestino, Carlos Roberto de Oliveira, o Roberto Dinamite, foi velado no Estádio de São Januário, sua segunda casa, onde marcou 184 dos seus 708 gols pelo Gigante.

Muitos ídolos do esporte, inclusive o flamenguista Zico, se despediram do maior artilheiro da história do Vasco, do Brasileirão, do Carioca e de todos os clássicos do Rio de Janeiro, na segunda-feira (09/01). 

Na terça-feira, o velório continuou para os familiares e seus convidados, em São Januário, para uma cerimônia de corpo presente. Em seguida o corpo de Roberto Dinamite foi levado, por um carro do Corpo de Bombeiros, para o Cemitério Nossa Senhora de Belém, em Duque de Caxias, onde foi sepultado ao lado de seus pais.

O Vasco da Gama decretou luto oficial de 7 dias em honra à Roberto Dinamite, quando as bandeiras do clube em todas as suas sedes estarão a meio mastro e suas equipes participarão de competições com a tarja negra de luto em seus uniformes. A guarda de honra do remo do Vasco ficou postada junto à Roberto durante a permanência do corpo em São Januário.

Nem mesmo sua péssima administração do clube, como presidente do Vasco da Gama, serviu para empanar a idolatria dos vascaínos e dos amantes do futebol por Roberto Dinamite. Seu legado esportivo ultrapassou os muros de São Januário e deixou guardadas nas memórias dos torcedores suas jogadas e seus gols. 

RIP Roberto Dinamite!

Supercopa do Brasil terá como palco Estádio Mané Garrincha em Brasília

Mengão e Verdão serão protagonistas da primeira grande decisão do futebol brasileiro em 2023, ao disputarem a Supercopa do Brasil na Capital Federal (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Mengão e Verdão serão protagonistas da primeira grande decisão do futebol brasileiro em 2023, ao disputarem a Supercopa do Brasil na Capital Federal (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou, na tarde de quarta-feira (11), que a final da Supercopa do Brasil entre Palmeiras e Flamengo será disputada no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Este é mais um exemplo da desorganização do futebol brasileiro. Somente agora. Há pouco mais de duas semanas, torcedores flamenguistas e palmeirenses ficaram sabendo onde será o jogo, dificultando assim a logística, a compra de ingressos e até mesmo a divulgação do espetáculo. Está mais do que na hora de a CBF ser mais profissional ao cuidar de um produto tão valioso como o futebol.

A decisão, que envolve o Rubro-Negro (campeão do Brasileiro) e o Verdão (vencedor da Copa do Brasil), será disputada a partir das 2:30 pm (horário de Miami) do dia 28 de janeiro. A partida havia sido marcada inicialmente para o dia 29 de janeiro, mas a mudança foi realizada a pedido da administração do estádio.

A Supercopa do Brasil, competição que marca o início da temporada do futebol brasileiro em âmbito nacional, voltou a ser disputada em 2020. Assim como neste ano, o Flamengo esteve presente em todas as edições anteriores, vencendo em 2020 e em 2021. Em 2022 o campeão foi o Atlético-MG. Já o Palmeiras disputa o título pela segunda vez, após o vice no ano de 2020.

Estaduais abrem a temporada 2023 do futebol brasileiro

Depois de praticamente dois meses sem jogos, os torcedores podem finalmente ver suas equipes em ação, com o início dos campeonatos estaduais, que terminarão em abril.

O Campeonato Carioca será transmido do começou pela BandSports, e engloba 50 jogos, incluindo os de Flamengo e Fluminense como mandantes. Botafogo e Vasco, dissidentes do acordo, não estão no pacote. Diferentemente do acordo com a Band para a tv aberta, que é de três anos, o vínculo citado acima é de uma temporada só. 

O Cariocão começou na quinta-feira com a partida entre Flamengo x Audax, e no sábado (14) jogam Resende x Fluminense  e Nova Iguaçu x Volta Redonda, No domingo, a Band transmitirá Boavista x Bangu e Flamengo x Portuguesa. Logicamente, as transmissões referem-se ao território brasileiro, e não foi informado ainda se as partidas podem ser transmitidas na Band Internacional.

Paulistão começa no final de semana

Desesseis times iniciam a temporada para conquistar a Taça Paulistão 2023 (Foto: Rodrigo Corsi/Ag.Paulistão)
Desesseis times iniciam a temporada para conquistar a Taça Paulistão 2023 (Foto: Rodrigo Corsi/Ag.Paulistão)

A primeira rodada será disputada no fim de semana de 14 e 15 de janeiro. Santos e Palmeiras estreiam no sábado, enquanto Corinthians e São Paulo jogam no domingo.

O sistema é o mesmo dos últimos anos: as 16 equipes divididas em quatro grupos de quatro equipes, com duelos apenas fora dos grupos. Os dois primeiros colocados de cada chave avançam às quartas de final.

Dessa forma, serão 12 rodadas, a última delas em 5 de março, um domingo, com todos os jogos às 16h.

Veja datas e horários da primeira rodada:

Sábado (14/1): Inter de Limeira x São Bernardo, Portuguesa x Botafogo, Santo André x Guarani, Santos x Mirassol, Palmeiras x São Bento

Domingo (15/1): Água Santa x Ferroviária, Red Bull Bragantino x Corinthians, São Paulo x Ituano

A FPF (Federação Paulista de Futebol) definiu todas as transmissões da primeira fase do Paulistão 2023. Seguindo o modelo usado na temporada de 2022, os jogos foram divididos entre Record (TV aberta), YouTube (streaming gratuito), HBO Max (streaming pago), Premiere (PPV) e Paulistão Play (PPV por streaming). Claro que as transmissões são baseadas no território brasileiro, mas assinantes da Premiere terão acesso aos jogos, enquanto não se sabe se a Record vai transmitir suas partidas aqui nos EUA.

A Record manteve os 12 jogos da TV aberta no horário das 7:35 pm das quartas-feiras e das 2:00 pm aos domingos. Os clássicos que terão transmissão na emissora de Edir Macedo serão Palmeiras x São Paulo, no dia 22 de janeiro, e Santos x Corinthians, em 26 de fevereiro. O YouTube terá outros 12 jogos para transmitir de maneira gratuita na internet, o que inclui os clássicos São Paulo x Corinthians, em 29 de janeiro, e Palmeiras x Santos, em 4 de fevereiro.

Miami Dolphins enfrenta Buffalo Bills no domingo

Tua Tagovailoa quer jogar contra o Buffalo Bills, apesar de não estar 100% fisicamente (Foto: Dolphin Nation)
Tua Tagovailoa quer jogar contra o Buffalo Bills, apesar de não estar 100% fisicamente (Foto: Dolphin Nation)

As seis partidas para a rodada de wild card dos playoffs da NFL de 2022 estão definidas, e o Philadelphia Eagles (NFC) e o Kansas City Chiefs (AFC) são os times que recebem byes. Entre os confrontos interessantes para a primeira rodada: duas rivalidades divisionais na AFC e um confronto entre Dak Prescott e Tom Brady na NFC.

O fim de semana do wild card contará com jogos no sábado, 14 de janeiro; domingo, 15 de janeiro; e segunda-feira, 16 de janeiro. O jogo de segunda-feira (Cowboys-Buccaneers) irá ao ar na ESPN, ESPN2, ABC e ESPN+. A rodada divisionl acontecerá de 21 a 22 de janeiro e inclui quatro jogos que determinarão quem seguirá para os campeonatos da conferência em 29 de janeiro.

Aqui está a programação dos jogos do fim de semana até o Super Bowl LVII, programado para o domingo, 12 de fevereiro, no State Farm Stadium em Glendale , Arizona.

Wild-card weekend: Jan. 14, 15 and 16

NFC

(7) Seattle Seahawks at (2) San Francisco 49ers, sábado, 4:30 p.m. ET on Fox

(6) New York Giants at (3) Minnesota Vikings, domingo, 4:30 p.m. ET on Fox

(5) Dallas Cowboys at (4) Tampa Bay Buccaneers, segunda-feira, 8:15 p.m. ET on ABC, ESPN, ESPN2, ESPN+

Bye: (1) Philadelphia Eagles

AFC

(7) Miami Dolphins at (2) Buffalo Bills, domingo, 1:00 p.m. ET on CBS

(6) Baltimore Ravens at (3) Cincinnati Bengals, domingo, 8:15 p.m. ET on NBC

(5) Los Angeles Chargers at (4) Jacksonville Jaguars, sábado, 8:15 p.m. ET on NBC

Bye: (1) Kansas City Chiefs

Baixe nosso aplicativo