Vanessa da Mata encanta San Francisco no próximo dia 25

0
1888
Vanessa da Mata (Foto: Rodolfo Magalhães)
Vanessa da Mata (Foto: Rodolfo Magalhães)

Em turnê pelos EUA, a cantora relembra seus inúmeros sucessos e apresenta o novo álbum “Quando Deixamos Nossos Beijos na Esquina”

Ela se tornou conhecida do público internacional em 2007, ao fazer um dueto bilíngue com o cantor americano Ben Harper na música “Boa Sorte/Good Luck”. Mas Vanessa da Mata já vinha construindo a carreira como uma das maiores estrelas da música brasileira contemporânea há uma década.

A cantora, vencedora do Grammy Latino, começou como compositora, tendo suas músicas gravadas por medalhões da MPB brasileira, tais como Maria Bethânia, Caetano Veloso, Chico César, Daniela Mercury, e Ana Carolina. Alguns anos mais tarde, lançou seu primeiro álbum, fazendo sucesso com três faixas: “Nossa Canção” (trilha sonora da novela Celebridade), “Não me Deixe só” e “Onde Ir” (trilha da novela Esperança).

Seu segundo álbum chegou a Disco de Platina, com o tema da novela Belíssima “Ai, Ai, Ai…” chegando a música nacional mais executada nas rádios brasileiras em 2006. Em 2014, outra música de Vanessa alcançou feito semelhante: “Segue o Som”, que traz uma pegada de reggae.

Depois de turnês bem-sucedidas nos EUA em 2017 e 2018, Vanessa da Mata retorna para apresentar o novo álbum “Quando deixamos os nossos beijos na esquina”. Lançado este ano, é o primeiro disco inteiramente produzido pela própria cantora. A faixa “Só Você e Eu” traz sua marca registrada de romantismo pop e tem tudo para se transformar em mais um grande sucesso. Lançada há três meses, já tem 2,5 milhões de visualizações no YouTube.

O show no domingo (25), às 20 horas, no Regency Ball (1300 Van Ness Avenue, San Francisco, CA 94109), é uma realização da Brazilian Nites. Ingressos a partir de 55 dólares no site braziliannites.com. Antes disso, a cantora se apresenta na sexta-feira (17) no Sony Hall, em Nova York; e na quarta-feira (21), no Tropical Cafe, em Framingham, Massachussetts.

BrasilFest agita Seattle neste domingo

Cerca de 15 mil pessoas devem visitar a BrasilFest neste domingo (18) no Seattle Center, um dos maiores pontos turísticos da cidade. O evento oferece comidas típicas brasileiras, além de muitas atrações, como dança, teatro e cinema, tudo com entrada gratuita.

Esta é a 21ª edição do evento organizado pelo casal de promotores Ana Paula e Eduardo Mendonça. “A cada ano, atraímos um público ainda maior”, comemora Ana Paula, orgulhosa de seu trabalho — e com razão!

Um das novidades este ano será a apresentação da peça teatral infantil “Lá Dentro da Mata”, de Pablo Maurutto, que narra (em português) as aventuras de uma menina pela floresta amazônica,onde conhece um índiozinho, seu amigo macaco e um robô. A apresentação acontece das 13h às 13h45 no Armory Stage.

Em parceria com o Northwest Film Forum e o Centro de Estudos Brasileiros da University of Washington, a BrasilFest apresenta quatro curta-metragens brasileiros do Travessias Brazilian Film Festival, realizado em fevereiro deste ano. Os filmes têm censura livre e as sessões em looping ocorrem entre 14h e 17h no Armory Loft 3.

Vindo do Canadá, o grupo Brazilian Swag promete não deixar ninguém parado. Além de apresentarem passos de frevo e outras danças latinas, também farão uma aula gratuita de Zumba. Aliás, o evento oferece ainda classes de forró, zouk e lambada no Armory Loft 2.

Diversos shows de samba, chorinho e até rock nacional estão agendados por todo o dia. A programação completa está no site brasilfest.org/schedule.

Encontro brasileiro incentiva negócios no Vale do Silício

Fazer a ponte entre empreendedores brasileiros e investidores do Vale do Silício, região da baía de São Francisco onde estão situadas várias empresas de alta tecnologia, esse é o principal objetivo do encontro organizado anualmente pela BayBrazil. A oitava edição da conferência, com o tema “Brasil no Século 21”, deve reunir cerca de 300 participantes na quinta-feira (22), em Menlo Park, na Califórnia.

Um dos palestrantes mais ilustres é o diretor de pesquisa do Google, Peter Norvig. Ex-diretor de ciências da computação da Nasa, ele é co-autor de um dos livros de referência do setor: “Inteligência Artificial” (Ed. Elsevier). Suas aulas sobre o tema no site Udacity já atraíram mais de 160 mil alunos do mundo todo, sendo considerado um marco na oferta de cursos online gratuitos para o público em geral. Norvig falará sobre IA e o futuro da educação.

Ao todo, serão 21 debatedores. Gestores de fundos internacionais de investimento prometem revelar que tipo de startups estão em alta. Um deles é Saurabh Gupta, sócio-gerente da DST Global, que investiu em Facebook, Twitter, Alibaba, Didi, WhatsApp, Snapchat, Airbnb e Spotify. Na América Latina, especificamente, sua companhia proporcionou aporte de capital para Nubank e Rappi.

Representando a GGV Capital, Hans Tung, analisa o desenvolvimento da economia digital no Brasil, traçando um paralelo com a China. Também haverá um painel dedicado à revolução tecnológica no setor bancário e de pagamentos.

Dentre os palestrantes brasileiros, destaque para André Maciel, responsável no Brasil pela operação do fundo de 5 bilhões de dólares do Softbank para startups da América Latina; e Fabricio Bloisi, da Movile, que vai falar sobre a trajetória do iFood e participar de uma mesa-redonda sobre “unicorns made in Brazil”. “Unicorn” é como são chamadas empresas de tecnologia que alcançam um valor de mercado de 1 bilhão de dólares, seja de forma privada ou abrindo seu capital na Bolsa de Valores.

O encontro acontece no antigo instituto de pesquisa de Stanford, o SRI International (333 Ravenswood Avenue, Menlo Park, CA 94025), das 8h30 às 17h30. Ingressos a 199 dólares no Eventbrite. Mais informações: www.baybrazilconference.org.

A BayBrazil é uma organização sem fins lucrativos, fundada há 9 anos, que congrega 10 mil profissionais da área de tecnologia nos EUA com foco no Brasil. Além de promover eventos e networking, a instituição já conectou 40 startups a mentores, tendo celebrado parceria com gigantes do setor, como Google e LinkedIn.

Ao todo, serão 21 debatedores (Foto: Caroline Romancini)
Ao todo, serão 21 debatedores (Foto: Caroline Romancini)