Vendas da marca de Ivanka Trump disparam nos EUA

Filha do presidente tem marca de roupas e acessórios que são vendidas em lojas de departamentos

0
3524
Ivanka Trump tem marca de roupas e acessórios
Ivanka Trump tem marca de roupas e acessórios

A marca de roupas da filha do presidente Trump, Ivanka, alavancou as vendas desde que o pai assumiu a presidência dos EUA. A marca de roupas e acessórios que leva seu nome registrou um aumento de vendas histórico desde o início fevereiro, de acordo com a presidente da empresa. As informações são do site Pequenas Empresas Grandes Negócios.

“Para um grande número de plataformas de vendas online, a coleção de Ivanka Trump foi uma das mais bem-sucedidas em várias categorias de produtos”, disse Abigail Klem, presidente da marca, à publicação Refinery29.

Entre janeiro e fevereiro deste ano, as vendas aumentaram em 346% — o que representa cerca de dois terços do crescimento no último ano, de 557%. Os produtos mais populares na coleção são sandálias e vestidos, de acordo com o site de vendas online Lyst.

De acordo com a CNN, a empresa Slice Intelligence, que faz medições do tipo, os produtos com a marca Ivanka na Amazon aumentaram as vendas em 332% em janeiro e fevereiro, comparados ao ano anterior. Na Macy’s as vendas aumentaram 148% e na Bloomingdale’s, 29.5%.

O aumento vem apenas um mês depois de várias lojas de departamento como T. J. Maxx e Marshalls iniciarem um boicote aos produtos da filha do presidente, deixando de anunciarem as mercadorias em suas prateleiras. A empresa de joias Neiman Marcus foi mais longe, chegando a interromper a venda de produtos da Ivanka.

A notícia chegou aos ouvidos de Donald Trump, que não hesitou em escrever um tuíte contra Nordstrom, outra grande loja de departamento que dias antes anunciou a interrupção das vendas da marca Ivanka Trump alegando poucos benefícios. Após a mensagem do presidente, as ações da Nordstrom despencaram.

De acordo com o jornal “Wall Street Journal”, Ivanka e seu marido, Jared Kushner, alugaram uma casa do bilionário chileno Andronico Luksic, avaliada em 5,5 milhões de dólares no bairro de Kalorama, em Washington.