Vídeo mostra menina de 13 anos sendo presa em protesto contra derrubada da lei do aborto na Flórida

A mãe, Lauren Johnson, acompanhava a filha no momento da abordagem: "Não reaja! Mamãe está bem atrás de você! Você está bem!", exclamou a mulher

0
1327
Adolescente foi detida por uma hora e depois liberada (foto: Reprodução Tik Tok)
Adolescente foi detida por uma hora e depois liberada (foto: Reprodução Tik Tok)

Um vídeo de uma menina de 13 anos sendo presa por policiais da Flórida durante um protesto contra a derrubada da lei do aborto no país viralizou nas redes sociais nesta segunda-feira (4). O caso aconteceu em Lakeland, no condado de Polk.

As imagens já somam milhares de visualizações no Tik Tok e mostram a garota envolta em uma bandeira do movimento LGBTQ sendo conduzida até uma viatura. A mãe, Lauren Johnson, estava com a filha no momento da abordagem e pode ser ouvida gritando: “Não reaja! Mamãe está bem atrás de você! Você está bem!”

Mais tarde, Lauren foi às redes sociais e disse que protesto realizado no Munn Park era “pacífico” até os agentes “decidirem que sua filha seria o alvo”. “Minha filha segurava um megafone e gritava ‘meu corpo, minha escolha'”, declarou ela, acrescentando que “os agentes ficaram irritados com o barulho”.

O advogado David Haas, contratado por Lauren para defender a menina, confirmou que  as acusações apresentadas são em relação à lei do ruído que entrou em vigor na Flórida em 1º de julho. “Estamos analisando se foi ou não apropriado para a prisão”, disse Haas.

Ele relatou que, ao chegar na delegacia, sua cliente foi detida por mais de uma hora e não teve permissão para ver sua mãe, o que é “uma violação aos direitos” da adolescente.

A menina foi liberada e terá que comparecer em uma audiência judicial em 9 de agosto. Ao lado da filha, Lauren Johnson disse que elas “não serão silenciadas” e planejam participar de protesto esta semana. “Estaremos na manifestação de quinta-feira com um megafone novo”, afirmou.

.