Voluntária morre atacada por cachorro em abrigo para animais em Oakland Park

“Ela morreu fazendo o que mais amava”, disseram amigos da vítima de 71 anos

0
1174
Pam morreu fazendo o que mais amava, disseram amigos (Foto Reprodução Local10 News)

Uma mulher de 71 anos morreu atacada por uma cadela em um abrigo para animais onde era voluntária em Oakland Park, Flórida, na quinta-feira (17). Uma outra voluntária ficou ferida ao tentar salvar a colega durante o ataque.

De acordo com informações da polícia, o cachorro de grande porte é uma mistura de várias raças. O ataque aconteceu no abrigo 100+ Abandoned Dogs.

Pam Robb e a colega foram levadas para o hospital, mas Pam não resistiu aos ferimentos.

“Existe sempre um risco ao trabalhar com animais que sofreram abusos nas ruas e Pam sabia disso. É um trágico acidente, estou arrasada por perder o amor da minha vida e triste por isso ter acontecido com uma pessoa que fazia o que mais amava e fazia a diferença na sociedade”, disse Angie Anobile, companheira de Pam há mais de 25 anos.

A cadela que atacou a voluntária foi levada por agentes do Broward Animal Care onde deve receber uma injeção letal.

O abrigo em que Pam trabalhava divulgou uma nota lamentando a tragédia. “Nossos corações estão partidos pelo que aconteceu com nossa amiga Pam. Nossos profundos sentimentos a todos os seus familiares e amigos. Estamos todos de luto e contamos com compreensão e amor de todos”.