Wagner Moura perde Globo de Ouro, mas se firma como um dos principais atores brasileiros

"Estar aqui já é bom demais", disse ator, antes da cerimônia de premiação

0
1618

DA REDAÇÃO, COM G1 – Em meio a dezenas de celebridades que figuraram pelo tapete vermelho da cerimônia de premiação do “Globo de Ouro”, em Los Angeles, estava o ator brasileiro Wagner Moura que concorreu a melhor ator pela atuação em “Narcos”. O ator baiano perdeu o prêmio para o ator Jon Hamm, pela série “Mad Men”. Antes da cerimônia, ele já tinha dito que o galã de “Mad Men” seria o vencedor. “Eu acho que não vou ganhar. Estar aqui já é bom demais. Acho que o Jon Hamm deveria ganhar, é a última temporada de ‘Mad men'”, afirmou o ator.

Em “Narcos”, Wagner Moura interpreta o líder do cartel de Medellín Pablo Escobar, que colocou em xeque a Colômbia, travando sangrentas guerras com seus inimigos de Cali e com o próprio governo para se tornar o dono do mercado de cocaína. Na sexta-feira (8) ele deu uma entrevista para o famoso apresentador Jimmy Fallon em seu talk show.

Após “Narcos” (Netflix), Wagner Moura tornou-se uma das 20 celebridades mais admiradas no Brasil, com carisma semelhante ao de Tom Cruise e Brad Pitt, aponta pesquisa do Ibope com 500 entrevistados de 16 a 69 anos.

O instituto não divulga a lista completa da preferência do público nem a colocação do intérprete de Pablo Escobar.

As informações são da coluna Outro Canal, assinada interinamente por Gabriela Sá Pessoa e publicada na Folha desta segunda-feira (11). Ontem, durante a exibição do Globo de Ouro, a internet ficou em polvorosa: primeiro torcendo pelo ator baiano, e em seguida lamentando a derrota dele para Jon Hamm, de “Mad Men”.

A cerimônia
O Globo de Ouro fez valer sua tradição de premiação que foge do comum neste domingo (10). Entre um início cheio de surpresas e um final que seguiu mais os favoritos, o evento da Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood escolheu “The Revenant” como o grande campeão da noite nos cinemas e “Mr. Robot” e “Mozart in the jungle” como as séries do ano.

“The Revenant” foi o longa com o maior número de troféus, escolhido nas categorias de melhor diretor (Alejandro G. Inárritu), melhor ator (Leonardo DiCaprio) e melhor filme dramático.

A cantora e atriz Lady Gaga também levou a estatueta de melhor atriz de “American Horror Story”.

“Steve Jobs” também levou dois Globos de Ouro. A história do criador da Apple foi escolhida como melhor roteiro, e a atuação de Kate Winslet lembrada como melhor atriz coadjuvante.

“Room” e “Joy” ganharam seus prêmios na força de suas protagonistas. Brie Larson, estrela da história sobre uma mãe que cria o filho em um cativeiro após ser sequestrada, foi escolhida melhor atriz em filme dramático. Já Jennifer Lawrence ganhou seu terceiro Globo de Ouro, desta vez como melhor atriz em filme de comédia ou musical.