Adolescentes são considerados culpados pela morte de Roger Trindade em Orlando

Brasileiro foi espancado até a morte em outubro de 2016; amigos do adolescente se uniram em um abraço coletivo para lembrar a morte do jovem

0
5153
Roger foi espancado até a morte
Roger foi espancado até a morte

Dois adolescentes foram considerados culpados pela morte do brasileiro Roger Trindade em um parque de Winter Park (FL) em outubro de 2016. Eles espancaram o adolescente de 15 anos até a morte. O julgamento durou três dias e a acusação mostrou aos jurados o quão frio e cruel foi o assassinato do jovem, que tinha a vida toda pela frente.

Jesse Sutherland e Simeon Hall, de 16 anos, foram também condenados por espancar o amigo de Roger, Rodrigo Meirelles, que estava com ele no momento do incidente. A sentença será proferida no dia 15 de junho. Eles podem pegar até 17 anos na prisão, mas o juiz pode considerá-los como menores infratores, o que daria uma penalidade menor.

“Simeon e Jesse cuspiram em Roger Trindade quando ele estava caído no chão sangrando e indefeso”, disse a promotora de justiça, Theresa Mills- Uvalle.

Os amigos de Roger Trindade deram um abraço simbólico na frente do Tribunal para homenagear o jovem. A mãe dele, Adriana Thomé disse que jamais vai se conformar com a morte do filho. “Ele estava muito feliz aqui, para ele era um sonho estar aqui com seus amigos”. O pai de Roger, Rodrigo Trindade, completou: “ele era gentil, com um bom coração e eu sei que ele perdoaria os dois se estivesse aqui. Eu sinto pelos pais, pela família dos condenados, mas foi feita a justiça”.

Relembre o caso

Roger Thomé Trindade, de 15 anos, morreu após ser atacado por um grupo de jovens por volta das 10 da noite do dia 15 de outubro de 2016.  Roger estava caminhando perto de Park Avenue, na região de Winter Park, em Orlando, quando foi atacado.

A polícia foi acionada e foi até o local da ocorrência. Quando os policiais chegaram Roger ainda estava com sinais vitais, porém inconsciente. Ele foi levado para atendimento em um hospital da cidade, onde faleceu.

Um adolescente de 14 anos, testemunha da briga, disse que tudo começou quando ele e um amigo jogaram um “spray fedido” em Roger e em outro menino que estava junto e saíram. Roger e o amigo foram atrás dos adolescentes que jogaram o spray e, a partir daí, começou a briga.

Ainda de acordo com a testemunha, um rapaz deu soco em Roger que, então, caiu no chão. Caído, o brasileiro ainda foi acertado na cabeça por um soco de um segundo jovem, ambos agora condenados pelo crime. (Com informações do Orlando Sentinel).

Jesse Sutherland e Simeon Hall foram condenados pela morte do brasileiro em outubro de 2016
Jesse Sutherland e Simeon Hall foram condenados pela morte do brasileiro em outubro de 2016 FOTO ORLANDO SENTINEL