Bilionário egípcio quer comprar ilha para refugiados

0
717

Um bilionário egípcio, magnata dono de um império de telecomunicações, se ofereceu para comprar uma ilha em águas da Grécia ou da Itália para acomodar os milhares de migrantes que fogem da Síria ou de outros conflitos. O multimilionário Naguib Sawiris anunciou a iniciativa no Twitter.

“Grécia ou Itália, me vendam uma ilha, declararei sua independência, abrigarei lá imigrantes e proporcionarei trabalho na construção do novo país”, acrescentou.

Sawiris disse, em entrevista à televisão local, que contatará os governos grego e italiano para abordar este plano. “Há dezenas de ilhas desertas onde podem caber milhares de refugiados”, afirmou ainda, acrescentando que uma ilha grega ou italiana deve custar entre $10 milhões e $100 milhões.

Segundo ele, no início haveria abrigos temporários, mas depois seriam criados empregos para construir casas, escolas e hospitais. “E, se as coisas melhorarem, se eles desejarem voltar a seus países de origem, podem voltar”, explicou Sawiris, cuja família é proprietária do famoso balneário El Gouna, no litoral do Mar Vermelho egípcio.

Sawiris é presidente da operadora de telecomunicações Orascom TMT e de um canal de televisão egípcio. A crise imigratória na Europa é uma das mais séries já registradas no mundo. Desde janeiro, mais de 2.300 pessoas morreram no mar tentando alcançar a Europa, vindas de países da África e do Oriente Médio.