Boletim da Copa do Mundo 2022

Nesta semana destacamos os grupos C e D da Copa do Mundo no Catar

0
980
Lionel Messi disputará sua última Copa do Mundo e dará tudo para conquistar o único título que falta em sua brilhante carreira (Foto: everythingbarca.com)
Lionel Messi disputará sua última Copa do Mundo e dará tudo para conquistar o único título que falta em sua brilhante carreira (Foto: everythingbarca.com)

A série iniciada na semana passada com as análises dos Grupos A e B da Copa do Mundo de 2022 continua agora com as análises sobre os Grupos C e D

Pelo regulamento, apenas prosseguem na competição os primeiros e segundos colocados de cada grupo. Ao iniciar a fase de oitavas de final, no entanto, o torneio vira um mata-mata, ou seja, somente o vencedor continua, enquanto o perdedor é eliminado.

Argentina surge como uma das favoritas

Como sempre, a Argentina desponta como uma das favoritas a vencer a Copa do Mundo. Este ano, porém, a seleção albiceleste chega com chances reais. A equipe nacional argentina deve vencer o Grupo C. Além de Messi, a maior estrela da companhia, o treinador Lionel Scaloni tem à sua disposição Lautaro Martinez, Angel Correra e Cristian Romero, além da gana de Lionel Messi e Angel Di Maria que jogarão a última Copa do Mundo de suas carreiras. 

Scaloni conta com jogadores de classe mundial em todas as posições, com uma equipe madura, mas não envelhecida, que ficou provado ao vencer a Copa América de 2021 e está bastante focada nesta conquista.

A Polônia do craque Lewandowski 

A seleção da Polônia na Copa do Mundo desponta como a segunda força deste grupo depois da Argentina. O treinador Czeslaw Michniewicz (substituto do português Paulo Souza, que trocou a participação em uma Copa do Mundo para treinar o Flamengo e decepcionou no futebol brasileiro) tem um jogador excepcional à sua disposição, Robert Lewandowski, atual craque do Barcelona, depois de ter brilhado por anos no Bayern de Munique. Mas não é apenas Lewandowski que se destaca. Há ainda Piotr Zielinski no meio-campo, além dos goleiros Wojciech Szczesny e Fabianski.

O número de jogadores de classe mundial não é tão alto quanto o da Argentina, mas o suficiente para preocupar as outras seleções. Se a estrela da Polônia na Copa do Mundo de 2022, Lewandowski, brilhar, as chances da Polônia fazer uma boa campanha aumentam bastante.

México chega ao Catar como uma incógnita

Normalmente, a seleção do México chega nas Copas do Mundo com um leve favoritismo para passar da fase de grupos. Este ano, porém, o desafio é maior. Além de ter de duelar com Polônia e Argentina – normalmente sua carrasca em Copas do Mundo -, o elenco do técnico Tata Martino sente falta dos grandes nomes de outrora. O jogador mais conhecido é Hirving Lozano, que joga no ataque. Na temporada internacional 2021/22, Edson Alvarez também conseguiu chamar atenção. Ele é um meio-campista defensivo na seleção do México para a Copa do Mundo de 2022.

O centroavante Raul Jimenez, em má fase, ainda é um dos melhores jogadores da equipe, mas nenhum deles tem destaque internacional. O México carece de uma estrela e Tata Martuino deve investir em um jogo coletivo para superar os adversários.

Arábia Saudita deverá ter muita torcida

A seleção da Arábia Saudita é a grande atração do Grupo C por ser a representante do futebol do Oriente Médio neste grupo. O técnico da França, Hervé Renard, no entanto, não tem ilusões sobre as probabilidades de classificação para a próxima fase. Nenhum dos jogadores atua na Europa. Quase todos jogam na liga local.

A vantagem dos jogadores sauditas é a aclimatação ao ambiente, pois as condições climáticas são semelhantes às do Catar. Mas a inexperiência e a falta de talento são empecilhos para a seleção saudita seguir adiante. Quem gosta de apostar em zebra, pode colocar a a Arábia Saudita como uma das classificadas às oitavas de final da Copa do Mundo de 2022. Certamente, vai faturar uma boa grana.

Previsão para o Grupo C da Copa do Mundo de 2022

Argentina e Polônia despontam como as classificadas no Grupo C por causa de suas qualidades e pelas fraquezas de seus adversários. No entanto, há possibilidade de que tanto Argentina quanto Polônia tenham grandes problemas nas oitavas de final, pois França e Dinamarca provavelmente são adversários fortes.

O Grupo D da Copa do Mundo de 2022

Como nos outros grupos, os dois primeiros do Grupo D se qualificam para às oitavas de final. Aqui, eles jogarão com os dois vencedores do Grupo C. E a Argentina é uma das equipes deste grupo. Não é preciso ser um gênio para saber que ninguém quer jogar contra os sul-americanos. O duelo com Messi e companhia deve ser adiado o máximo possível. 

França quer ser campeã mundial novamente

: Kylian Mbappe é a grande estrela da seleção francesa, uma das favoritas à Copa do Mundo 2022 no Catar (Foto: pinterest)
: Kylian Mbappe é a grande estrela da seleção francesa, uma das favoritas à Copa do Mundo 2022 no Catar (Foto: pinterest)

A França é a favorita para vencer o Grupo D. A seleção francesa deve obter o primeiro lugar. Os jogadores que o treinador Didier Deschamps tem à sua disposição são incríveis. Além de Kylian Mbappe, a estrela da Copa do Mundo da França, ele tem Karim Benzema. Hugo Lloris, Antoine Griezman, N’Golo Kanté, e há jovens jogadores como Christopher Nkunku, Jules Kounde ou Moussa Diaby.

A seleção da Copa do Mundo da França 2022 tem uma excelente mistura de jovens e veteranos. Todos os jogadores atuam nas principais ligas – muitas vezes até nos melhores clubes. Quase todos são titulares e, portanto, têm ampla experiência no mais alto nível.

Dinamarca jogará por Eriksen

O drama em torno de Christian Eriksen conquistou os corações dos dinamarqueses na Euro 2021. Eles chegaram até as semifinais. O desempenho da seleção nacional dinamarquesa deve ser confirmado na Copa do Mundo no Catar. Não há dúvida de que esta equipe tem potencial. Jogadores como Pierre-Emile Höjbjerg, Andreas Christensen, Simon Kjaer e Yussuf Poulsen são considerados de alto nível.

Quase todos os principais jogadores dos dinamarqueses estão no auge. Essa equipe também ganhou uma experiência valiosa com os eventos dramáticos do Campeonato Europeu. Então, por isso a Dinamarca surge como uma das forças do Grupo D.

Tunísia pode surpreender

À primeira vista, a equipe nacional tunisiana parece ser logicamente a mais fraca do grupo. Recentemente, foi goleada pelo Brasil no último amistoso da Seleção Canarinho antes da Copa do Mundo. O treinador Jalel Kadri conta com bons jogadores em seu elenco para a Copa do Mundo. Exemplos são o meio-campista defensivo Ellyes Skhiri e Hannibal Mejbri.

Evidentemente estes jogadores não têm a qualidade das estrelas dos dinamarqueses ou dos franceses. Mas também não devem ser considerados como uma equipe muito fraca. O menosprezo pode custar caro aos favoritos.

Austrália deve disputar apenas a fase eliminatória

A Austrália se classificou para a Copa do Mundo de 2022 na repescagem internacional, primeiro derrotando os Emirados Árabes Unidos e depois vencendo a partida decisiva contra o Peru nos pênaltis. Esta é a quinta vez consecutiva que os australianos vão a uma Copa do Mundo. Somente uma vez – na Copa do Mundo de 2006 na Alemanha – eles conseguiram passar da fase preliminar. Será que os Socceroos conseguirão novamente no Catar?

As chances não são necessariamente boas. É pouco provável que tenham chances contra a França e a Dinamarca. Os australianos têm muitos jogadores que estão em clubes europeus, mas não há ninguém que possa ser descrito como um verdadeiro jogador de ponta. 

Previsão para o Grupo D da Copa do Mundo de 2022

Pelas projeções, o segundo do Grupo C muito provavelmente enfrentará a campeã mundial França como vencedora do Grupo D da Copa do Mundo 2022. Este duelo está marcado para 4 de dezembro de 2022. Na véspera, o vencedor do grupo C jogará contra o vice-campeão da temporada D que provavelmente será contra a Dinamarca. Devem ser dois jogos eletrizantes.