Brasileira é presa pelo ICE em Massachusetts e suspeita é que ela tenha sido alvo de denúncia

Comunidade em Lowell faz campanha para ajudar mineira que vive nos EUA há 14 anos

0
8870
Tatiara Pinho foi presa pelo ICE
Tatiara Pinho foi presa pelo ICE

Amigos da mineira Tatiara Pinho, de 32 anos, mais conhecida como Yara, estão se mobilizando para juntar dinheiro para libertar a brasileira presa pelo U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE), que teria sido alvo de denúncia.

Na manhã de quarta-feira (17), Yara e uma amiga foram abordadas por agentes do ICE a caminho do trabalho. No momento da prisão, a mulher que estava com ela foi liberada. Ao chegar ao Centro de Detenções, ela foi informada que a prisão ocorreu em decorrência de uma denúncia feita contra ela.

Yara chegou aos EUA há 14 anos e entrou no país através da fronteira com o México. No momento da travessia ela foi detida por agentes da Patrulha de Fronteira e havia uma carta de deportação pendente contra ela.

Yara casou-se há oito anos com um brasileiro naturalizado cidadão americano e o casal tem dois filhos, um menino de 6 anos e uma menina de 3 anos. Os dois estariam se separando de forma não amigável.

“Nossa comunidade de Lowell se encontra muito abalada por um acontecimento recente. A Yara é uma mulher forte, trabalhadora, mãe de lindas crianças e esposa, sempre amável com familiares e amigos. Mas, infelizmente, por um ato de covardia humana, Yara foi denunciada à Imigração e se encontra separada dos filhos e família. Para ajudar Yara, sua comunidade e irmãos da igreja estão organizando uma feijoada para custear advogados e processos legais para que ela um dia possa se encontrar livre. Sabendo que os custos são altos, estamos abrindo essa página para dar a oportunidade para aqueles que queiram nos ajudar. Para aqueles que não têm condições para ajudar, sintam-se livres para compartilhar esse link, qualquer e toda ajuda já vale a pena. Deus abençoe”, postou Gisele Couto, de Lowell (MA), no GoFundMe.com. (Com informações do blog Mundo Yes).