Brasileira lança e-book infantil em New Jersey

Livro, sobre a princesa que salva o príncipe, será lançado em breve em português

0
2597
Bianca Alves trabalhou como “au pair” (babá) em Maryland e costumava contar histórias para as crianças americanas que estavam aos seus cuidados
Bianca Alves trabalhou como “au pair” (babá) em Maryland e costumava contar histórias para as crianças americanas que estavam aos seus cuidados

DA REDAÇÃO (com Brazilian Voice) – Há 11 anos, Bianca Alves deixou o município de Manduri, no interior de São Paulo, para se aventurar como “au pair” (babá) em Maryland. Na época, o sonho da jovem, formada em Turismo, era trabalhar em roteiros de filmes em Hollywood (CA), o que a levou a cursar roteiro em Nova York. Entretanto, após mudar-se para New Jersey, casar-se e dar à luz ao filho, Troy, Bianca decidiu enfrentar um novo desafio: escrever um livro infantil em inglês.

Bianca relatou que a ideia surgiu pelo fato de que, quando ainda trabalhava como “au pair”, costumava contar histórias para as crianças americanas que estavam aos seus cuidados. Na ocasião, Alves descobriu em si mesma um novo talento: O de contadora de histórias e, anos mais tarde, culminou no lançamento do e-book: “The Princess and The Witch – The Forbidden Forest” (A Princesa e a Bruxa – A Floresta Proibida, em tradução livre). As ilustrações na obra são do profissional Felipe Sakae.

A estória tem como personagem principal a Princesa Iris, que possui uma tarefa bastante importante. Ela acredita que esteja ajudando os seus amigos mágicos, quando na realidade está ajudando a bruxa má a destruí-los. Agora, depende de Iris consertar a situação. A Iris conseguirá vencer a batalha dela contra o mal? Com uma bruxa tão poderosa quanto a Fátima, as coisas ficarão um pouco mais complicada, adianta a sinopse no website da Amazon.com: https://www.amazon.com/dp/B015YXIV3A/

A escritora adiantou que planeja para breve a tradução do e-book: “The Princess and The Witch” para o português, permitindo o acesso da obra aos brasileirinhos que não foram albetizados em inglês. Durante a entrevista, Bianca frisou o fato de que na estória, sem ser feminista, é a Princesa Iris que salva o príncipe.