Brasileiro de 21 anos é o mais jovem advogado autorizado a atuar nos EUA

Após mestrado em Harvard, o brasiliense Mateus Costa Ribeiro foi admitido no New York State Bar Association que equivale à OAB no Brasil

0
3163
Em 2018, Matheus Costa Ribeiro, fez história ao tornar-se o advogado mais jovem a sustentar oralmente no STF (foto: Arquivo Pessoal)
Matheus Costa Ribeiro também fez história ao tornar-se o advogado mais jovem a sustentar oralmente no STF (foto: Arquivo Pessoal)

Mateus Costa Ribeiro passou no vestibular da Universidade de Brasília (UnB) quando tinha 14 anos. Aos 18, foi aprovado no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e ficou famoso por se tornar o advogado mais jovem a realizar uma sustentação oral no Supremo Tribunal Federal (STF).

Em seguida, mudou-se para os EUA e concluiu um mestrado na Universidade de Harvard.

Na próxima quinta-feira (15), ele aumentará a lista de realizações precoces e se tornará a pessoa mais jovens nas últimas décadas a ser admitido no New York State Bar Association.

“É uma felicidade indescritível ter sido aprovado no BAR de Nova York — o exame que permite advogar nos EUA, igual nossa OAB. Por acaso, fui o único menor de idade a passar, já que a idade civil é 21 lá. Espero estar à altura do desafio de ser o mais jovem advogado atuando em NY”, escreveu o brasileiro em uma publicação nas redes sociais.

A trajetória do jovem foi destaque no  Wall Street Journal que relatou o caminho trilhado pelo brasileiro como “surpreendente até para os magistrados mais experientes”.

“Geralmente incentiva-se os alunos a começarem mais tarde, quando eles têm não apenas conhecimento, mas também maturidade para uma carreira que pode envolver processos multimilionários e alterar o curso da vida das pessoas”, destacou o jornal.

O jovem relatou que pretende atuar para ajudar a economia do Brasil, facilitando a conexão com as empresas e o mercado financeiro de New York. “Empresas que estão se financiando para crescer, contratar pessoas. Sinto esse chamado, de ser essa ponte “, conta.