Brasileiro é preso ao tentar embarcar de Porto Rico para Miami

Ele havia sido deportado de Boston em dezembro; em junho, outros dois brasileiros também foram detidos ao tentar fazer o mesmo

0
8647
Brasileiro tentou embarcar para Miami
Brasileiro tentou embarcar para Miami FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA

Porto Rico é um território americano e, por esta razão, alguns imigrantes indocumentados pensam ser mais fácil burlar as autoridades e ingressar no País por meio do aeroporto da cidade. No último dia 7, o brasileiro Adelcio Geraldo Guimarães, tentou embarcar do aeroporto Luis Munoz Marin em San Juan, Porto Rico, para Miami (FL) com um passaporte brasileiro.

Ao checar o passaporte de Adelcio, as autoridades do U.S. Customs and Border Protection (CBP) perceberam que ele já havia sido deportado dos Estados Unidos previamente. Ele foi detido por reentrar nos EUA de forma ilegal.

Os agentes descobriram também que Adelcio tinha comprado outra passagem para o Panamá, na tentativa de despistar as autoridades. O CBP  informou que o brasileiro foi preso em 2005 na fronteira do México próximo a Rio Grande, no Texas, e novamente em 2017 foi preso pelo Immigration and Customs Enforcement (ICE) e deportado em dezembro.

Se condenado, o brasileiro por ficar preso por no máximo dois anos e receber uma multa.

Caso semelhante

Em junho, agentes do CBP descobriram dois brasileiros que tentavam embarcar em um voo doméstico de Porto Rico, com destino a Charlotte, na Carolina do Norte. Gilmar Silva Pinheiro, de 42 anos, e Darci Machado Gontijo, de 34 anos, compareceram perante o juiz Bruce J. McGiverin. Eles foram acusados de violar o Título 8 do Código dos Estados Unidos, Seção 1326, tentarem reentrar no país após uma remoção ou deportação anterior.

De acordo com informações divulgadas pelo CBP, durante a passagem pela alfândega do aeroporto, Pinheiro e Gontijo apresentaram aos agentes do CBP passaportes brasileiros e nenhum outro documento que comprovasse o status legal de ambos nos EUA.