Casal é condenado a pagar $121 mil a imigrante escravizada por dois anos

Eles são acusados de forçar uma imigrante nigeriana a trabalhar sem remuneração no Texas

0
2282

DA REDAÇÃO, COM YAHOO – Um casal do Texas foi condenado a pagar $121 mil em restituição a uma imigrante nigeriana, que teria prestado serviços domésticos para eles de graça por dois anos. O valor foi estipulado por um juiz na sexta-feira (5).

Chudy Nsobundu, 57, e sua esposa Sandra, foram sentenciados, ainda, a sete meses de prisão e outros sete meses de prisão domiciliar por abuso.

O nome da vítima não foi divulgado. Ela disse no tribunal que o casal a tirou da Nigéria com a promessa de que pagaria $100 por mês, segundo o U.S. Attorney’s Office do Distrito do Texas. Entre setembro de 2013 e outubro de 2015 ela disse que foi forçada a trabalhar 19 horas por dia para o casal e cuidar de cinco crianças, sem intervalo ou pagamento. Ela era ainda xingada e só podia comer o que sobrava dos pratos. A mulher afirma que não podia tomar banhos quentes e nem tinha cama. Para evitar que a mulher fosse embora, o casal confiscou seu passaporte e fazia ameaças.

Em outubro de 2015, o caso foi denunciado ao National Human Trafficking Resource Center e a vítima foi libertada.