Casos de meningite em escolas públicas assustam famílias

0
712

Mais um caso de meningite bacterial assustou as famílias que vivem em no condado de Broward. A escola Challenger Elementary, em Tamarac, notificou na segunda (19) à agência estadual de saúde, um caso de meningite, possivelmente grave. O estudante, cujo nome não foi divulgado é a 26ª vítima este ano no condado de Broward. Em outubro, outra escola, a Coral Reef Senior High School, estava em alerta porque um aluno de 18 anos morreu vítima da doença. Christopher Valdes morreu poucas horas de dar entrada no hospital.

Também em outubro, o estudante Bryant De La Cruz faleceu 24 horas após seus sintomas piorarem. Na noite de segunda-feira ele passou mal, foi levado ao hospital e liberado com a instrução para que tomassem Tylenol e descansasse. No dia seguinte, ele foi levado às pressas de volta ao hospital, mas faleceu.

Os dois estudantes, segundo informações da agência de saúde, apresentaram sintomas semelhantes e seu estado de saúde se agravou rapidamente. Os sintomas mais comuns da meningite bacterial são febre alta, calafrios, dor de cabeça, náusea, vômito e dor no pescoço.

A doença se alastra rapidamente através do contato direto com secreções das vítimas infectadas. Uma pessoa, geralmente, leva de dois a dez dias para apresentar os primeiros sintomas. As autoridades fazem o alerta, mas tentam ao mesmo tempo esclarecer os pais de que não há motivo de pânico. A meningite bacterial não é transmitida pelo ar, como a gripe.

Os pais que observarem qualquer dos sintomas da meningite em seus filhos devem levá-los imediatamente para o hospital. As escolas estão orientadas a isolar os estudantes que apresentarem qualquer sintoma semelhante aos da meningite bacterial e só liberarem a volta do aluno às aulas após liberação médica por escrito.