Ciclista baleado e morto na ponte de Key Biscayne (FL) era pai de dois filhos

Motociclista identificado como autor do tiro foi interrogado e liberado até a conclusão das investigações; advogado alega legítima defesa

0
1668
Ciclista morto foi identificado (Foto: Arquivo Pessoal)
Ciclista morto foi identificado (Foto: Arquivo Pessoal)

O ciclista atingido por um tiro na manhã de quarta-feira (14) na Rickenbacker Causeway em Key Biscayne, foi identificado como Alex Palencia, de 49 anos. Ele foi levado para o hospital, mas morreu horas depois. Palencia deixa dois filhos. 

O autor do disparo foi identificado como Kadel Piedrahita, que gravou toda a ação e postou nas redes sociais. Ele foi levado para ser interrogado, foi liberado horas depois, mas foi preso novamente na sexta-feira (16). O advogado de Kadel disse que seu cliente agiu em legítima defesa. 

O vídeo mostra o atirador falando em espanhol, seguindo o grupo. Ele tinha o costume de acompanhar o grupo de ciclistas de moto, ajudar a controlar o tráfego e era uma ‘pessoa amigável’ segundo testemunhas. O desentendimento com a vítima começou quando, de acordo com ciclistas, eles começaram a discutir por causa de uma dívida. Kadel, que já havia ameaçado a vítima outras vezes, sacou a arma e atirou. 

Segundo a polícia de Miami, tudo aconteceu por volta das 6 da manhã e fechou o trânsito no local. “Os dois começaram uma discussão e o motociclista acabou atirando”, disse o policial Freddie Cruz.