Cientistas dos EUA desenvolvem tratamento que promete reverter surdez

Equipe do Massachusetts Institute of Technology descobriu uma maneira de estimular o crescimento de células ciliadas dentro da cóclea, parte auditiva do ouvido interno

0
561
Estudo ainda está na fase de testes (foto: Pixabay)

Um grupo de cientistas do Massachusetts Institute of Technology (MIT) afirmou ter descoberto um tratamento capaz de reverter a perda auditiva sem necessidade de aparelhos auditivos ou implantes cocleares. A notícia renova as esperanças de cerca de 2,5 bilhões de pessoas no mundo que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), sofre com algum grau de surdez.

O tratamento envolve um remédio e terapia regenerativa e está sendo patrocinado pela farmacêutica Frequency Therapeutics. Ao programar tipos especiais de células humanas, os pesquisadores descobriram uma nova maneira de estimular o crescimento de células ciliadas dentro da cóclea, parte auditiva do ouvido interno. A aposta é que as células possam ser regeneradas pelo ouvido e trazer de volta a audição. O estudo  ainda está nas primeiras fases dos testes clínicos mas o resultado é animador. Ao todo, mais de 200 pacientes voluntários já apresentaram melhoras significativas.