Coconut Grove, o bairro cool de Miami

Localizado ao sul da Magic City, local oferece tranquilidade e diversão

0
9079
A marina de Coconut Grove
A marina de Coconut Grove

DA REDAÇÃO – Poucos bairros representam tão bem o espírito de Miami como Coconut Grove, situado ao lado de Coral Gables ao sul e da Brickell Area e Downtown ao norte. O local onde estavam radicados os índios Tequesta ganhou a reputação de abrigar a comunidade mais atraente, dinâmica e de mente independente do Sul da Flórida. Além disso, fica num lugar privilegiado com uma folhagem subtropical à frente das águas azul turquesa da Baía de Biscayne.

Coconut Grove é um dos bairros residenciais mais procurados para se morar em Miami e tem ruas arborizadas, muito verde, jardins super bonitos, parques, restaurantes e opções de entretenimento para curtir à noite. Um dos lugares preferidos dos turistas que visitam o bairro, é o Cocowalk, shopping ao ar livre que tem lojas, bares, academia e cinema. Conheça um pouco sobre a história do bairro.

Coconut Grove tem ruas arborizadas e charmosas
Coconut Grove tem ruas arborizadas e charmosas

Em meados do século 19, alguns abnegados tentaram fixar residência lá, como o casal Ned e Ann Beasley e Dr. Horace Porter – criador do primeiro posto local dos Correios americano – , entretanto foi nos anos de 1870 que outras pessoas foram atraídas pela região como as famílias Pent e Frow, vindas das Bahamas, e “Jolly” Jack Peacock, mantenedor da Casa de Refúgio para marinheiros de navios naufragados. Ele gostou tanto que convidou seu irmão Charles e família para trocar Inglaterra por Coconut Grove. Ao mesmo tempo, Ralph Munroe, um bem-sucedido designer de veleiros de Long Island e Staten Island, veio para Miami velejando de férias. Ele tornou-se amigo dos Peacocks e mudou-se para área com Eva, sua jovem esposa, que tinha tuberculose, na esperança de que um clima mais ameno pudesse ajudá-la em sua convalescência. No entanto, apesar dos esforços de Isabella Peacock, mulher de Charles, Eva não resistiu à doença e faleceu.

Os Peacocks e Munroe solidificaram a amizade e foram pioneiros na região. Em 1882, os Peacocks construíram o Bay View Inn, uma estrutura de madeira simples, onde fica hoje Peacock Park. Foi o primeiro “hotel” da área. Alguns dos hóspedes eram os negros da Bahamas que criaram seu assentamento ao longo da Charles Avenue. Já Munroe foi o fundador do Biscayne Bay Yacht Club junto com Kirk Munroe, que não era seu parente.

Nos quatorze anos seguintes, Coconut Grove tornou-se um ponto de encontro de artistas, velejadores, naturalistas e adquiriu este aspecto de bairro boêmio que perdura até hoje. É uma das cidades mais cools do Sul da Flórida. O jeito de ser da região mudou completamente a partir de 1896 quando Florida East Coast Railway de Henry M. Flagler chegou a Miami. Em pouco tempo, os moradores de Coconut Grove sentiram-se preocupados com o rápido crescimento da área, pois o fantástico meio-ambiente e o estilo de vida descontraído poderiam ser afetados.

Lindas casas em Coconut Grove
Lindas casas em Coconut Grove

No início do século 20, vários visitantes bem-sucedidos e ricos construíram belas casas em frente ou perto da Baía de Coconut Grove, criando a chamada “ala dos milionários”.

Em meados e no final das décadas do século 20, Coconut Grove manteve vários elementos de sua identidade característica continuando a atrair tipos criativos como os escritores Marjory Stoneman Douglas, Hervey Allen e Tennessee Williams, assim como artistas e músicos. Também floresceu como lugar de vida boêmia do Sul da Flórida com seus cafés, lojas, galerias de arte e um parque que reúne todos tipos de frequentadores, Peacock Park. Com seus desfiles, festivais artísticos e famosas festas de Halloween, manteve o espírito de bairro festivo

Os prédios de madeira ao longo da South Bayshore Drive foram substituídos por condomínios horizontais de alto padrão nos anos 70. Shoppings ao ar livre como Mayfair e Cocowalk dominam a área que circunda McFarlane, Grand e Main Highway. Foi a singularidade do Grove, juntamente com sua tolerância para todos pontos de vista e estilos de vida, que catalisou estas mudanças, uma vez que os investidores e os construtores sabiam que as pessoas estavam atraídas por um bairro, que tem continuamente mantido um ambiente e um espírito vibrante ao contrário de outras comunidades do Sudeste da Flórida.

Texto publicado originalmente no blog https://antoniotozzi.com