Começam as finais da NBA

0
1441

No último dia de maio, Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers iniciaram a terceira decisão consecutiva do título da NBA. Apontaria o time da Califórnia como favorito por causa da química já existente entre os dois craques do time: Kevin Durant e Stephen Curry. E eles têm um elenco de apoio bem interessante com Klay Thompson, Draymond Green e, se tiver recuperado, Andre Iguodala. Eles vêm com moral por terem derrubado nas finais da Conferência Oeste o Houston Rockets, equipe de melhor campanha na temporada regular. Estavam em desvantagem na série em 2 x 3, porém, a lesão de Chris Paul no jogo 5 em Houston praticamente afastou a possibilidade desta equipe texana chegar à final depois de 24 anos. Infelizmente, em minha opinião, que estava torcendo pelo time comandado por Mike D’Antonio no banco e por James Harden dentro da quadra. No final da série, deu 4 a 3 para Golden State Warriors. O mesmo roteiro se repetiu na Conferência Leste, com Boston Celtics abrindo vantagem de 2 x 3, mas perdendo o último jogo em casa para o Cleveland Cavaliers, que teve em LeBron James um monstro que fica possesso quando perde e carrega os companheiros nas costas nas vitórias. Os números de King James só confirmam sua posição como um dos maiores de todos os tempos na NBA. Enumerá-los até seria entediante. Porém, um dado chega a estarrecer: LeBron chega à sua oitava final consecutiva de NBA – quatro com Miami Heat e as demais com Cleveland Cavaliers. Isto se torna ainda mais fenomenal, dado o equilíbrio que há na principal liga de basquete do planeta.

Rodada cheia de gols

Enquanto as seleções nacionais se preparam para disputar a Copa do Mundo na Rússia a partir de 14 de junho, o Campeonato Brasileiro continua a todo vapor por causa do calendário apertado que obriga as equipes a jogarem de maneira quase ininterrupta. Resultado: constantes lesões de atletas e jogos de baixa qualidade técnica. Na oitava rodada, porém, os artilheiros estavam inspirados e foram anotados muitos tentos durante as partidas deste meio de semana pela 8ª rodada do Brasileirão.

Internacional surpreende vitória em Salvador

Pela segunda rodada consecutiva, o Internacional reservou fortes emoções para os instantes finais da partida. Na quarta-feira (30), Nico López balançou as redes nos acréscimos do segundo tempo e decretou o triunfo colorado por 3 a 2 sobre o Vitória, no Barradão, em Salvador, pela 8ª rodada da Série A. Foi o primeiro triunfo do time gaúcho como visitante no Campeonato Brasileiro. Patrick e Aderllan, contra, marcaram os outros dois gols em favor do Inter. Wallyson e Aderllan balançaram as redes pelo Rubro-Negro. No sábado (2), Inter recebe o Sport e o Vitória enfrenta o Santos na Vila Belmiro, no domingo (3).

Sport Club do Recife vence segunda consecutiva

O jogo na Ilha do Retiro, na quarta-feira (30), foi eletrizante, principalmente a segunda etapa. O primeiro tempo foi muito movimentado, mas com o Sport aproveitando melhor a chance que teve para fazer 1 a 0, com Rogério. Na segunda etapa o Atlético-MG buscou a virada com Cazares e Ricardo Oliveira, mas a alegria atleticana durou pouco. Em menos de cinco minutos, Gabriel e Michel Bastos viraram o jogo para os donos da casa. Sem força para buscar uma nova reação, o Galo pouco fez para reverter o placar. Sport vai a Porto Alegre jogar como Colorado e Atlético-MG tenta reagir na competição jogando no mesmo dia com a Chapecoense.

Pikachu faz a diferença e Vasco vence

Sobrou correria dos dois lados, houve chances desperdiçadas dos dois lados, faltou técnica dos dois lados. Mas só um lado tinha Yago Pikachu. E foi por isso que o Vasco espantou a má fase e venceu o Paraná, na quarta-feira (30), em São Januário, pela oitava rodada do Brasileirão. O lateral dublê de meia fez o gol da vitória por 1 a 0 da esquadra cruzmaltina com 12 desfalques. Com a vitória, o Vasco chega aos 11 pontos. Sábado (2), tem clássico, novamente em São Januário, diante do Botafogo. O Paraná, por sua vez, segue na lanterninha, sem vencer, com apenas três pontos, e busca a recuperação diante do Fluminense, segunda (4), no Dorival de Brito.

Trio garante vitória do Tricolor

Nenê, Diego Souza e Everton mostraram mais uma vez que, juntos, mudaram o São Paulo de patamar. Além de um gol para cada, os três conseguiram jogadas de efeito na partida de quarta-feira (30), disputada no Morumbi. Everton leva perigo na velocidade, Diego dá chapéus, e Nenê consegue dribles interessantes. Embora o São Paulo tenha sido superior na maior parte do duelo, o árbitro Wilton Pereira Sampaio cometeu erro crucial na partida. Marcou pênalti de Igor Rabello na etapa inicial. O zagueiro tocou primeiro na bola antes do contato com Everton. O Fogão abriu o placar com Leo Valencia e marcou o último gol do jogo com Rodrigo Pimpão, mas não foi suficiente. O São Paulo joga no sábado (2) contra o Palmeiras no Allianz Parque e tenta manter a invencibilidade, enquanto o alvinegro carioca também tem um clássico no mesmo dia contra o Vasco.

Chape vence e afasta a crise

Durante a semana, Gilson Kleina pregou cautela para enfrentar o Ceará. A Chape respeitou, mas foi para cima do adversário direto na luta contra o rebaixamento. Depois de pressionar por todo o primeiro tempo, o Verdão chegou ao gol apenas no segundo, com Arthur. Canteros ampliou pouco depois e garantiu a segunda vitória dos catarinenses no Brasileirão, na quarta-feira (30), na Arena Condá. Os dois clubes enfrentam times mineiros na próxima rodada. A Chapecoense entra em campo no sábado (2), contra o Atlético-MG, fora de casa. O Ceará recebe o Cruzeiro, no domingo (3), no Castelão.

No duelo dos Palestras, deu Cruzeiro

No choque de duas equipes tidas como favoritas ao título brasileiro, mas que ainda não engrenaram na competição, o Cruzeiro levou a melhor sobre o Palmeiras, venceu por 1 a 0, na quarta-feira (30), no Mineirão, ultrapassou o rival na tabela e ainda se aproximou dos líderes. O gol solitário de Rafael Sobis, no segundo tempo, foi suficiente para a econômica equipe de Mano Menezes – são apenas cinco gols em oito partidas no Brasileirão. Tentará marcar mais no domingo contra o Ceará. Por outro lado, o Verdão aumenta sua tensão às vésperas de um clássico contra o São Paulo, no sábado (2).

Empate sem gols frustra gremistas

Foram 21 finalizações contra seis. O Grêmio mais uma vez controlou o jogo na Arena com 65% de posse de bola. Mas novamente não conseguiu furar o bloqueio adversário. O Fluminense adotou postura retraída na noite desta quarta-feira, pela oitava rodada do Brasileirão, e segurou o empate em 0 a 0 que o mantém no G-4 da competição. No domingo (3), o Grêmio vai à Arena Fonte Nova enfrentar o Bahia. Já o Fluminense encerra os jogos na segunda-feira (4) contra o Paraná, em Curitiba.

Flamengo bate Bahia e é líder isolado

Criticado por não apoiar bem, Renê foi o principal destaque rubro-negro na vitória por 2 a 0 sobre o Bahia na quinta-feira (31). Foi muito participativo no combate e deu duas assistências. No primeiro, pareceu um chute errado, mas no segundo ele participou desde o início da jogada até entregar para Paquetá dar uma bela cavada. Grande atuação. Destaque também para o bom público: 50.141 pagantes e 55.382 presentes que propiciaram a renda de R$ 1.780.859,00. Líder isolado do Brasileiro com 17 pontos, o Flamengo enfrenta o Corinthians no domingo (3), no Maracanã. Já o Bahia, perto do Z-4, joga na Fonte Nova contra o Grêmio na mesma data e mesmo horário.

Zizou deixa Real Madrid

Zinedine Zidane causou uma surpresa ao anunciar que está deixando o Real Madrid e partindo para novos desafios. Depois de uma passagem vitoriosa pelo clube madrilenho, ele quer um tempo para repousar e pensar no futuro. E o futuro pode estar bem perto. Ele vem sendo apontado como o novo técnico da Seleção Francesa após a Copa do Mundo da Rússia, onde a equipe será comandada por Didier Deschamps. É aguardar para ver.