Coronavírus: convidado indesejado

0
894
Luiz Adriano faz hat trick na vitória do Palmeiras sobre o Guaraní do Paraguai no Allianz Parque (Foto: Cesar Greco/ palmeiras.com.br)
Luiz Adriano faz hat trick na vitória do Palmeiras sobre o Guaraní do Paraguai no Allianz Parque (Foto: Cesar Greco/ palmeiras.com.br)

Essa temporada está sendo marcada por um craque do mal que está impedindo os astros do futebol de marcar seus gols, pelo menos diante de suas torcidas, os jogadores de basquete de fazer cestas espetaculares, e os tenistas de mostrar suas técnicas nas quadras. Essas são algumas das modalidades atingidas pelas precauções que os governantes do mundo inteiro estão tomando para evitar a alta propagação deste vírus altamente contagioso. 

Tanto que a UEFA (entidade que comanda o futebol europeu) e a Conmebol (entidade que comanda o futebol sul-americano) anunciaram as suspensões das partidas para as próximas rodadas, a fim de impedir grandes concentrações de pessoas em um momento tão delicado. Essas decisões atingem também a Liga Europa e a Copa Sul-Americana. A Conmebol decidiu ainda adiar as duas primeiras rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de Futebol Qatar-2022. Em princípio, os campeonatos estaduais estão mantidos, mas a tendência é haver pouco público. 

Entretanto, antes das proibições, os clubes brasileiros participaram da segunda rodada da Fase de Grupos da Copa Libertadores da América. Mais uma vez, os resultados foram positivos, com exceção da derrota do Furacão e do inédito clássico Gre-Nal pela competição. Os rivais gaúchos jogaram na quinta-feira (12) à noite, portanto, lamentavelmente não foi possível divulgar o resultado da partida.

Santos

O Santos está com 100% de aproveitamento na Libertadores. Na noite de terça-feira (10), na Vila Belmiro, o Peixe venceu o Delfín, do Equador, por 1 a 0, pela segunda rodada do Grupo G do torneio. Lucas Veríssimo fez o gol da vitória, de cabeça. Na estreia, o time brasileiro já tinha vencido o Defensa y Justicia, de virada. O duelo não contou com a presença da torcida por causa da punição da Conmebol ao Santos (em 2018, no jogo da eliminação para o argentino Independiente, nas oitavas de final, houve confusão entre torcedores e policiais no Pacaembu).

O Santos lidera o Grupo G da Libertadores com seis pontos conquistados em dois jogos (100% de aproveitamento). O Delfín, com um, é o terceiro. O Olimpia é vice-líder com quatro pontos e Defensa y Justicia é o lanterna sem ganhar nenhum ponto até agora. 

O Santos voltaria a campo pela Libertadores na terça-feira (17) contra o Olimpia, do Paraguai, novamente na Vila Belmiro. O Delfín, por sua vez, jogaria no mesmo dia contra o Defensa y Justicia, na Argentina.como as partidfas foram adiadas, o Peixe pode se concentrar totalmente no clássico contra o São Paulo, no Morumbi, marcado para o sábado (14) pelo Paulistão.

Palmeiras 

O Palmeiras não teve vida fácil mesmo jogando em casa, mas venceu o Guaraní-PAR por 3 a 1 na noite de terça-feira (10), no Allianz Parque, pela segunda rodada do Grupo B da Copa Libertadores. Diante de um adversário forte fisicamente, malandro e que já eliminou o Corinthians no torneio, o Verdão teve dificuldades, sofreu com o jogo truncado do Guaraní, mas deslanchou com três gols de Luiz Adriano no segundo tempo, todos dentro da área, típicos de centroavante. O Guaraní ainda diminuiu no fim, com Bobadilla, mas o time de Vanderlei Luxemburgo continua 100% no torneio.

A vitória leva o Palmeiras aos seis pontos em dois jogos, na liderança isolada do Grupo B da Libertadores – o Guaraní permanece com três, agora ao lado do Bolívar, e o Tigre continua zerado.

O Palmeiras teve seu compromisso adiado na Libertadores e não precisará viajar para a Bolívia. Portanto, pode dedicar-se ao seu compromisso pelo Campeonato Paulista no próximo sábado (14) quando enfrentará a Inter de Limeira, na casa do adversário, pela 10ª rodada do torneio.

Athletico 

O Colo-Colo bateu o Athletico, por 1 a 0, na noite de quarta-feira (11), no Estádio Monumental de Santiago, e conquistou a primeira vitória na Libertadores. Pela segunda rodada do Grupo C, o time chileno levou a melhor e marcou com Pablo Mouche, aos dez minutos do primeiro tempo, após vacilo da defesa rubro-negra e assistência de Bolados.

Com o resultado, o Athletico estaciona nos três pontos. No Grupo C, o Peñarol derrotou o Jorge Wilstermann, por 1 a 0, no memo dia. Agora, todos os times têm três pontos cada. Os bolivianos seguem na ponta pelo saldo de gols. O Furacão segue em segundo, mas atrás do Wilster, pelo saldo de gols.

O Colo-Colo faria outra partida em casa na próxima rodada. O time chileno receberia o Peñarol, na próxima terça-feira (17), no Estádio Monumental de Santiago. No mesmo dia e horário, o Athletico jogaria de novo como visitante. O Furacão encararia o Jorge Wilstermann, no Estádio Félix Capriles, em Cochabamba. Agora o Athletico, poderá ter força máxima no domingo (15) quando enfrentará o Coritiba no Estádio Couto Pereira pelo Campeonato Paranaense.

São Paulo

O São Paulo venceu a LDU em grande estilo na noite de quarta-feira (11), no Morumbi, pela segunda rodada do Grupo D da Libertadores. O Tricolor se impôs diante do rival equatoriano e foi letal quando teve as chances, fazendo 3 a 0, com gols de Reinaldo, de pênalti, Daniel Alves e Igor Gomes. Com o estádio cheio, o time de Fernando Diniz viveu uma típica noite de Libertadores na história do clube. Resultado importante para acabar com a desconfiança gerada pela derrota de virada para o Binacional, do Peru, na estreia.

A vitória colocou o São Paulo na segunda colocação do Grupo D, com três pontos, atrás do River Plate, que goleou o Binacional por 8 a 0 e tem melhor saldo (5 a 2). O time peruano e a LDU também têm três pontos, mas estão em quarto e terceiro, respectivamente, justamente pelo saldo de gols inferior (-7 e 0).

O São Paulo volta a campo no sábado (14) contra o Santos, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista. Pela Libertadores, a próxima partida será contra o River Plate, também em casa. Porém, a data ainda não foi definida pela Conmebol. A LDU, por sua vez, no mesmo dia, visitaria o peruano Binacional na altitude de 3.800 metros de Juliaca.

Flamengo 

O Flamengo venceu o Barcelona-EQU, na noite de quarta-feira (11), no Maracanã, por 3 a 0, na segunda rodada do Grupo A da Libertadores. Ao manter o padrão de jogo vitorioso da temporada passada e do começo de 2020, o Rubro-Negro dominou o adversário. E usou a cabeça para somar mais três pontos: os gols de Gustavo Henrique e Bruno Henrique vieram pelo alto – Gabigol ainda marcou de pênalti.

O Flamengo tem 100%, ou seja, seis pontos em dois jogos. Mas está em segundo lugar: perde a liderança para o Independiente del Valle no saldo de gols (6 a 4). Esses dois times se enfrentariam na quinta-feira (19) no Equador. No mesmo dia, Junior e Barcelona-EQU jogariam na Colômbia. Portanto, Jorge Jesus terá todo elenco à disposição para enfrentar a Portuguesa-RJ no Maracanã, no sábado (14) pela Copa Rio.

Grandes não se dão bem na Copa do Brasil 

Um tempo para cada lado na vitória por 1 a 0 para os donos da casa. O Botafogo foi melhor na etapa inicial, no Engenhão, na terça-feira (11), abriu o placar com Luiz Fernando e mostrou as melhores chances ao longo dos 45 minutos iniciais, inclusive com uma bomba no travessão disparada por Bruno Nazário. No segundo tempo, as coisas mudaram de figura. O Paraná melhorou em campo principalmente graças à questão física e às mexidas de Paulo Autuori. O time de Curitiba passou a controlar mais o meio de campo, pressionava a marcação e levou mais perigo ao gol de Gatito Fernández. Porém, não conseguiu a igualdade.

Com o resultado, o Botafogo vai para a segunda partida com a vantagem do empate. Diferentemente de Libertadores e Sul-Americana, a Copa do Brasil não usa o gol marcado fora de casa como critério de desempate. O próximo encontro está marcado para quarta-feira (18) no Estádio Durival Britto.

Pelo Campeonato Carioca, o Botafogo receberá o Bangu pela Copa Rio no domingo (15) no Engenhão, enquanto o Paraná enfrentará o Toledo fora de casa pelo Campeonato Paranaense., no mesmo dia.

Fluminense 

Finalistas da Copa do Brasil de 2007, Figueirense e Fluminense se reencontraram na quarta-feira (11) no Orlando Scarpelli, desta vez pelo jogo de ida da terceira fase da competição. Se há 13 anos foi o Tricolor que levou a melhor e sagrou-se campeão, desta vez quem levou a melhor foi o time catarinense ao vencer a partida por 1 a 0 com gol de Alemão.

As equipes voltam a se encontrar na quinta-feira da semana que vem (19) no Maracanã para decidir uma vaga na quarta fase do torneio. Como gol fora de casa não é critério de desempate, uma vitória simples do Tricolor leva a decisão para os pênaltis.

Antes do confronto, o Figueirense enfrenta o Brusque pela 9ª rodada do Campeonato Catarinense no domingo (15). No mesmo dia, o Fluminense faz clássico com o Vasco, pela 3ª rodada do Carioca.

Cruzeiro 

O CRB teve uma noite especial na quarta-feira (11), no Mineirão. Com dois gols de Léo Gamalho, venceu o Cruzeiro por 2 a 0, em Belo Horizonte, e abriu ótima vantagem no confronto da terceira fase da Copa do Brasil. Pode até perder por um gol na próxima semana, em Maceió.  

O jogo da volta está marcado para a próxima quarta-feira (8) no Estádio Rei Pelé, em Maceió. É importante lembrar que não há mais gol qualificado fora de casa na Copa do Brasil. Se o Cruzeiro vencer por dois gols, independentemente do placar, leva a decisão da vaga para os pênaltis. O CRB pode perder até por um gol de diferença. 

O CRB volta a campo no próximo sábado (14) quando vai até Aracaju enfrentar o Confiança, no Estádio Batistão, pela sétima rodada da Copa do Nordeste. O Cruzeiro joga domingo (15) no Independência, contra o Coimbra, pela nona rodada do Campeonato Mineiro. O técnico será mesmo Adilson Batista que foi demitido na quinta-feira (12) pela manhã e recontratado à tarde. A diretoria da Raposa parece estar perdida no comando do gigante mineiro.

Outros jogos da Copa do Brasil

Na quarta-feira (11), também se enfrentaram Juventude e América-RN e o resultado foi o empate em 1 a 1, enquanto Ferroviária e América-MG não saíram do zero em Araraquara. Os dois jogos de volta serão disputados nas casas dos adversários na quarta-feira (18).

Na quinta-feira (12) foram disputadas essas partidas, cujos resultados não pudemos divulgar:

  • Brasil de Pelotas x Brusque em Pelotas (RS)
  • Ceará x Vitória em Fortaleza (CE)
  • Ponte Preta x Afogados em Campinas (SP)
  • Vasco da Gama x Goiás em São Januário (RJ)