Corretor de imóveis quita dívida de 400 estudantes na FL

Alunos de nove escolas de Júpiter estavam devendo cerca de mil dólares referentes à alimentação

0
962
Crianças na hora do almoço (foto: Silwe Rtand/Flickr)

O agente imobiliário Andrew Levy pagou U$ 944,34 em dívidas de almoço de 400 estudantes de nove escolas de Júpiter, na Flórida. Ele não tem ligação com a escola nem com a região, mas achou que poderia ajudar. “Eu pensei: isso é loucura. Crianças não deveriam aprender com fome”, disse ele ao ser entrevistado.

Cerca de 7,7 milhões de crianças recebem almoços nas escolas, sendo que um quarto paga integralmente pelas refeições. As outras recebem alimentação com preço reduzido ou grátis, de acordo com programa que leva em conta o salário familiar. Quando não conseguem pagar, eles ficam endividados.  Algumas unidades se recusam a servir almoço aos devedores ou oferecem apenas um sanduíche.

Larry soube do problema por um post no Facebook, na comunidade “Mães de Júpiter”, no qual havia a relação das escolas e as dívidas. Ao ler a postagem, resolveu ajudar. Agora, pretende criar uma página na Internet para levantar fundos a cada trimestre para ajudar escolas e famílias que não podem arcar com as despesas de alimentação. Nessa linha, o próximo passo será quitar a dívida do condado de Palm Beach, também na Flórida: cerca de U$ 50 mil para mais de 180 mil estudantes.