Departamento de Saúde da Flórida alerta sobre como se prevenir da bactéria carnívora

Principal recomendação é jamais ir para praia (mesmo na areia) se tiver um ferimento por menor que seja e procurar atendimento médico imediatamente após sinais de infecção

0
10660
Bactéria também pode estar presente na areia (Foto AcheiUSA)
Bactéria também pode estar presente na areia (Foto AcheiUSA)

O atendimento médico rápido e o tratamento adequado são as chaves para o sucesso em caso de contaminação pela bactéria carnívora ou flesh eating bacteria. O grupo de bactérias é encontrado na água, mas também pode ser encontrado na areia.

De acordo com o Florida Department of Health (DOH), a bactéria está presente em águas mornas. “As pessoas infectadas têm complicações principalmente se não recebem o tratamento médico rápido e adequado”, informa o DOH.

A preocupação aumentou após duas pessoas na Flórida terem contraído a bactéria e uma delas ter morrido. O departamento afirma que não foi notificado, mas que está trabalhando para alertar a população. Entre as recomendações estão:

– Não entre na água ou fique na areia se tiver machucados e feridas;

– Limpe o machucado caso tenha entrado em contato com a água;

– Procure tratamento médico imediatamente após sentir qualquer sinal de infecção, como inchaço, dor e febre;

– Avise o médico que esteve em contato com a água do mar, piscina ou banheira.

O departamento alerta que a bactéria é inofensiva até encontrar o ambiente favorável para sua proliferação, como um ferimento por menor que seja.