Depois de Irma, zoológico de Miami deve ficar fechado por dois meses

Jungle Island também ficará fechado para reparos

0
3611
Flamingos protegidos em um banheiro do furacão Irma
Flamingos protegidos em um banheiro do furacão Irma

DA REDAÇÃO – Os cerca de 600 macacos, pássaros e outros animais do Miami Jungle Island e do zoológico de Miami sobreviveram à passagem do furacão Irma no último domingo (10). Os animais foram protegidos e, de acordo com a administração desses locais, alguns pássaros morreram devido ao estresse.

A força dos ventos destruiu parte desses parques e derrubou dezenas de árvores e, por essa razão, eles ficarão fechados ao público por pelo menos dois meses. “Os danos às árvores foram piores que do furacão Andrew (ocorrido em 1992 e que destruiu o local). Temos muito trabalho pela frente para superar esse tipo de dano que ainda não foi calculado”, disse Christopher Gould do Jungle Island.

Depois do furacão Andrew, o parque sofreu danos de mais de $5 milhões e foi fechado por três semanas.

Todos os animais já estão nos locais habituais e os parques trabalham agora para reconstrução.

O porta-voz do zoológico de Miami, Ron Magill, disse que os danos foram “imensos”. “Vai ser um grande esforço de reconstrução”. “Nós não perdemos nenhum mamífero, todos foram preservados, até a bebê girafa com poucos meses de vida. Eles se protegeram e nós os protegemos. A grande maioria dos animais está a salvo, poderia ter sido muito pior”.