Direitos trabalhistas na era Biden iniciaram-se no mercado de verduras no The Bronx, NY

0
412
Entrada do Hunts Point Produce Market no The Bronx (Foto: Sandra Colicino)
Entrada do Hunts Point Produce Market no The Bronx (Foto: Sandra Colicino)

Depois de uma semana de manifestações em frente ao Mercado de Verduras de Hunts Point no The Bronx, NY, o sindicato de seus funcionários encerrou a greve que reinvindicavam por aumento de $1/ hora, além de aumento dos benefícios em seus planos de saúde. Os funcionários conquistaram $1.85/ hora ao longo de 3 anos e aumento de benefícios no plano de saúde.

No sábado, 23 de janeiro, líderes do sindicato teamsters local 202 atingiram um acordo com a liderança do Mercado de Verduras, dando fim a uma semana de manifestações, que atraíram a atenção de pessoas importantes, dando maior visibilidade ao movimento. Na segunda-feira, participaram das manifestações o representante Ritchie Torres e Andrew Yang, que concorreu para presidente durante as primárias de 2020 e agora concorre a prefeito de Nova York. Na quarta-feira, a representante Alexandria Ocasio-Cortez também participou das manifestações em suporte aos funcionários.

O Mercado de Verduras de Hunts Point (Hunts Point Produce Market), fornece frutas e verduras para cerca de 60% dos estabelecimentos da região. Juntamente com os Mercados de Peixe e de Carne, o complexo de distribuição em Hunts Point é o maior de todo o país. No ano passado, com o fechamento de vários restaurantes, os distribuidores perderam renda, porém várias empresas presentes no mercado receberam auxilio financeiro de aproximadamente $15 milhões, através do PPP (Paycheck Protection Program–Programa de Proteção da Folha de Pagamento).

Inicialmente, os representantes do mercado ofereceram aos funcionários um aumento de $0.32/ hora, sem menção de auxilio saúde. Muitos funcionários contraíram o Corona Virus e 6 deles faleceram devido ao COVID-19. O movimento enfatizou a importância dos funcionários essenciais e uma vitória para o movimento trabalhista na era Biden.

“Trabalhadores essenciais não podem evitar a pandemia,” declarou Daniel Kane, presidente do sindicato dos trabalhadores do mercado de verduras ao Hunts Point Express. “Eles merecem bem mais do que estão pedindo. Acabou-se de se descobrir que eles são essenciais. Eles sempre foram essenciais. As pessoas nem imaginam quem lhes traz o alimento”.

A média de salário por trabalhador está entre $18 e $21/ hora. Com o aumento, espera-se que todos os funcionários recebam acima de $20/ hora.

Como anda o programa de vacinação em Nova York

O ano de 2021 iniciou-se e o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, tinha como objetivo, ter vacinado 1 milhão de nova-iorquinos até o final do mês de janeiro. Porém na semana iniciando no dia 25 de janeiro, a cidade tinha administrado apenas 628 831 doses, além de 19 032 doses restantes para primeiras doses.

O atraso no calendário de vacinação previsto pelo prefeito deve-se a dificuldades no sistema de alocação vindo do governo federal. Tanto o prefeito, quanto o governador Andrew Cuomo apontam para imprevisibilidade gerada durante a administração anterior ao presidente Biden. Os governos estadual e municipal não podiam planejar com mais precisão quantos agendamentos poderiam realizar por semana, pois não sabiam exatamente quantas alocações receberiam do governo federal.

“Não tivemos esgotamento de doses, nós dependemos de alocações semanais de vacina,” declarou Cuomo durante a coletiva de imprensa na segunda-feira, 25 de janeiro.

Para adicionar, a atual administração ainda está avaliando quantas doses tem em estoque, segundo Jen Psaki, porta-voz da Casa Branca na coletiva de imprensa do dia 25 de janeiro.

“Não temos nada com relação a priorização. Nosso time está trabalhando para garantir que podemos operar com os governadores com este intuito,” afirmou Psaki.

A prefeitura e o estado já estabeleceram locais na cidade para utilizar como centro de vacinação em massa, mas com a falta de doses suficientes para vacinar a população, a abertura de locais foi adiada e agendamentos foram cancelados.

O processo de vacinação é mais urgente agora, pois mais de 400 000 vidas foram perdidas no país e a projeção é de que os Estados Unidos alcancem a marca de meio milhão de mortos no próximo mês. Além disso, as novas variantes do Reino Unido, África do Sul, Brasil e California ameaçam o controle do virus e, consequente, aumento de hospitalizações.

Penn Station em Midtown Manhattan evoca passado em inauguração de novo hall

Penn Station em Midtown Manhattan (Foto: Sandra Colicino)
Penn Station em Midtown Manhattan (Foto: Sandra Colicino)

Para aqueles entrando em Nova York pelas linhas de Amtrak, a partir do dia 1º de janeiro, os viajantes começaram a ser recebidos em uma nova Penn Station, que relembra o passado de antes da demolição da estação em 1963, quando a empresa que a administrava, Pennsylvania Railroad Company, faliu.

O novo terminal, Moynihan Train Mall, recebeu o nome em homenagem ao senador Daniel Patrick Moynihan, que originalmente idealizou o projeto. O novo hall está localizado no antigo prédio dos correios na 8ª Avenida.

Apesar da estação também servir 6 linhas de metrô, as linhas de NJ Transit, vindas de New Jersey e LIRR, linhas vindas de Long Island, somente os afluentes passageiros utilizando as linhas de Amtrak terão acesso à nova instalação.

Críticos do protejo, ainda apontam para a necessidade de renovação da infra-estrutura das plataformas e dos trilhos, a fim de atrair mais passageiros de volta ao sistema de transporte público para a cidade.

“Ao abrir o Moynihan, praticamente abriram-se as portas do lounge de primeira-classe do aeroporto,” declarou Vishaan Chakrabarti ao The New York Times, fundador do Practice for Architecture and Urbanism, uma empresa de arquitetura que propôs colocar a Penn Station no lugar do Madison Square Garden em 2016.

Controvérsias à parte, o novo hall apresenta um belíssimo design, projetado pela firma de arquitetura Skidmore, Owings & Merrill, que recebe luz natural através de estrutura de vidro sustentada por uma estrutura de metal. Um relógio em forma cúbica pende do teto. O projeto ainda apresenta instalações de arte de Kehinde Wiley, Stan Douglas e Elmgreen & Dragset.

Por fim, a estação pode não estar recebendo tantos passageiros como no passado, mas já está preparada para elegantemente receber os passageiros provindos de vários lugares dos Estados Unidos, tais como Washington D.C. e Boston. ν