Duelo de Titãs em Brasília

No domingo (11) as duas mais poderosas equipes do futebol brasileiro decidem a Supercopa no Estádio Mané Garrincha

0
945
Gabriel Menino e Patrick de Paula comemoram a conquista da Copa do Brasil 2020 -na final contra o Grêmio (Foto: Thais Magalhães/CBF)
Gabriel Menino e Patrick de Paula comemoram a conquista da Copa do Brasil 2020 -na final contra o Grêmio (Foto: Thais Magalhães/CBF)

Ah, se eu fosse roteirista de cinema provavelmente não escreveria um roteiro tão emocionante como este que se prenuncia para a manhã de domingo (11) no Estádio Mané Garrincha em Brasília.

Os ingredientes são de primeira e reúnem os times mais vencedores da atualidade: Flamengo e Palmeiras. Os analistas apontam o Rubro-Negro carioca como favorito, em função de sua constelação de craques, e ainda pelo fato de o técnico Rogério Ceni, antes tão contestado pela torcida, ter conseguido resgatar o futebol empolgante e eficiente da época de Jorge Jesus.

Entretanto, ninguém pode desprezar a força de conjunto do Alviverde paulistano. Embora tenha menos figuras fulgurantes do que o adversário, é inegável que o elenco palmeirense é mais farto. Ou seja, possibilita ao técnico Abel Ferreira efetuar substituições e manter o nível de desempenho. Afinal, ele mesmo sempre frisa que sua equipe não tem um time titular, mas, sim, um conjunto de jogadores que se reveza e propicia uma grande variedade de alternativas.

Do tetra à Supercopa Kia 2021: como o Palmeiras garantiu sua vaga

Em temporada historicamente vencedora, Palmeiras conquistou a Copa do Brasil e, de quebra, se classificou para a disputa de mais um título nacional.

Depois de um ano inesquecível, o Palmeiras terá a chance de levantar sua primeira taça na nova temporada. O Verdão enfrenta o Flamengo no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, em jogo único que definirá o #SupercampeãodoBrasil.

O Palmeiras chega à competição como atual campeão da Copa do Brasil. Na temporada passada, o Verdão atropelou todos os adversários que teve pela frente e conquistou a taça da Copa do Brasil pela quarta vez em sua história.

No caminho do Palmeiras, estiveram Red Bull Bragantino, Ceará, América-MG e, na final, o Grêmio. Foram seis vitórias e dois empates. Na decisão, o Alviverde derrotou o Grêmio por 1 a 0 fora de casa e fechou a conta com um 2 a 0 categórico no Allianz Parque. Mas o título da Copa do Brasil passou longe de ser o único do Palmeiras na temporada passada.

O Verdão viveu um dos anos mais gloriosos de uma história cheia de títulos. O Palmeiras conquistou o Campeonato Paulista, encerrando um jejum de 12 anos sem vencer o título estadual, e alcançou a glória eterna ao derrotar o Santos na final da Conmebol Libertadores, no Maracanã, levantando a taça continental pela segunda vez em sua história.

No embalo do bi, Flamengo volta à Supercopa Kia 2021 para defesa do título

Gerson e Gabigol celebram um dos gols assinalado pelo atacante no Brasileirão (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Gerson e Gabigol celebram um dos gols assinalado pelo atacante no Brasileirão (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Com arrancada na reta final, Fla conquistou o Brasileirão Assaí pela segunda temporada consecutiva e terá a chance de se tornar o primeiro bicampeão da Supercopa Kia. Um ano depois de se sagrar #SupercampeãodoBrasil, o Flamengo retorno ao Estádio Nacional Mané Garrincha para a defesa de seu título diante do Palmeiras. E foi justamente com um bicampeonato que o Rubro-negro garantiu sua participação no jogo do próximo domingo (11), em Brasília.

Avassalador em 2019, o Flamengo   passou por altos e baixos em sua defesa do título do Brasileirão Assaí. De um começo conturbado e uma grande arrancada na reta final, o Rubro-negro se recuperou ao longo da temporada e conquistou o Brasileiro pelo segundo ano consecutivo.

A base do time campeão da Supercopa Kia em 2020 foi mantida. Da equipe que entrou em campo como titular naquele jogo, apenas o lateral-direito Rafinha não está no elenco rubro-negro atualmente.

Na campanha do Brasileirão Assaí 2020, o Flamengo não perdeu para o Palmeiras, adversário deste domingo. No jogo do primeiro turno, em São Paulo, os dois ficaram no empate por 1 a 1. No returno, em partida disputada no próprio Mané Garrincha, o Fla venceu por 2 a 0.

Palmeiras larga na frente na disputa pela Recopa Sul-Americana

Os dois adversários chegam à decisão da Supercopa cheios de moral. Ambos vêm de vitórias. O Verdão derrotou o Defensa y Justicia por 2 a 1, com gols de Rony e Gustavo Scarpa, e abriu vantagem na briga pela Recopa Sul-Americana, torneio entre os campeões da Libertadores e da Copa Sul-Americana do ano passado, e começou bem a disputa pelo primeiro título de 2021. 

Na noite de quarta-feira (7), na Argentina, o Verdão venceu o atual campeão da Copa Sul-Americana, que marcou um belo gol com Brayan Romero.  Muito embora o time argentino tenha dominado o jogo em alguns momentos, a equipe brasileira foi mais eficaz nas chances que teve. O Defensa ainda chegou a fazer o gol de empate no fim do jogo, com Walter Bou, mas o árbitro marcou polêmico impedimento. Houve muita reclamação dos argentinos.

Na partida de volta, na próxima quarta-feira, no estádio Mané Garrinha, em Brasília, o Palmeiras joga pelo empate para ser campeão. O Defensa y Justicia precisa vencer por dois gols de diferença. Se vencer por um gol, a partida vai para prorrogação e pênaltis se persistir o resultado.

Flamengo atropela Madureira no Cariocão

O Flamengo venceu o Madureira por 5 a 1 na segunda-feira (5), no estádio Raulino de Oliveira, em jogo válido pela oitava rodada da Taça Guanabara. Os gols rubro-negros na partida foram marcados por Gabigol (2), Gerson, Diego e Arrascaeta. Luiz Paulo descontou para o Tricolor Suburbano.

Com a vitória, o Flamengo voltou à liderança do Grupo Principal da Taça Guanabara, com 19 pontos conquistados até aqui. O Madureira segue na quinta colocação, com 11 pontos. O Rubro-Negro volta a campo no próximo domingo, contra o Palmeiras, em Brasília, para a disputa da Supercopa do Brasil. O Tricolor Suburbano enfrenta o Boavista em Conselheiro Galvão, também no domingo.

Gabigol se tornou o maior artilheiro do Flamengo no Século 21 com os dois gols marcados na vitória por 5 a 1 sobre o Madureira. Ainda no primeiro tempo, o camisa 9 foi às redes duas vezes e igualou os 73 marcados por Renato Abreu.

Santos tem vitória convincente na Argentina

O Santos teve autoridade, chegou a sofrer por alguns momentos, mas venceu o San Lorenzo por 3 a 1 na noite de terça-feira (6), em Buenos Aires, e abriu ótima vantagem na disputa por uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores. O jogo de ida da terceira fase começou muito bem para o Peixe, que marcou com Lucas Braga e Marinho, de pênalti, no primeiro tempo. No segundo, Ángel Romero, ex-Corinthians, diminuiu e ensaiou uma pressão, mas Ângelo, de 16 anos, marcou nos acréscimos e garantiu a vantagem santista – o time de Ariel Holan pode até perder por um gol de diferença para se classificar. 

Santos e San Lorenzo voltam a se enfrentar na próxima terça-feira, no Mané Garrincha, em Brasília. Vitória, empate ou derrota por um gol de diferença (ou 2 a 0) dão a vaga ao Santos, enquanto o San Lorenzo precisa vencer por três gols de diferença (ou dois, caso faça quatro gols ou mais). Um 3 a 1 a favor dos argentinos leva a decisão para os pênaltis. Quem se classificar avança à fase de grupos, já sabendo quais adversários vai enfrentar – o sorteio das chaves da Libertadores é na próxima sexta-feira, antes do jogo de volta.

Aos 16 anos, Ângelo se tornou o jogador mais jovem a fazer gol em uma Libertadores. O garoto, considerado uma das maiores promessas do Santos nos últimos anos, já havia entrado para a história ao se tornar o jogador mais jovem a entrar em campo na competição continental. Agora, tem dois feitos históricos.

Grêmio joga na sexta-feira (9)

O técnico Renato Portaluppi sequer viajou com a delegação do Tricolor gaúcho após ter sido detectado com covid-19 (Foto: Sambafoot)
O técnico Renato Portaluppi sequer viajou com a delegação do Tricolor gaúcho após ter sido detectado com covid-19 (Foto: Sambafoot)

A delegação do Grêmio chegou a Luque, no Paraguai, na noite desta quarta-feira. O desembarque ocorreu após a mudança de local e data da partida com o Independiente Del Valle, pela Libertadores. O elenco gremista teve dois casos de covid-19 na última terça-feira e a Conmebol transferiu a partida de ida para solo paraguaio por conta de restrições impostas pelo governo equatoriano.

Na delegação, já não estam presentes Paulo Victor e Vanderson, que testaram postivo para Covid-19. Além deles, Victor Ferraz e Emanuel, com sintomas da doença, mas com resultados negativos nos últimos exames, também não acompanham o grupo. Os quatro retornaram para Porto Alegre em voo fretado pelo clube. 

O jogo contra o Independiente del Valle ocorreria em Quito, no Equador, mas agora, o duelo será na sexta-feira (9), em Assunção, no Paraguai, no mesmo horário, mas no Defensores del Chaco.

Além de Vanderson e Paulo Victor, a lista de casos no clube nas últimas semanas ainda tem o técnico Renato Portaluppi, confirmado na última segunda, o preparador físico Reverson Pimentel e o zagueiro Paulo Miranda.