Facebook, Twitter e YouTube deletam posts de Trump com desinformação sobre Covid-19

Presidente diz em entrevista à Fox que crianças são "quase imunes" ao coronavirus

0
742
Presidente teria violado as regras de desinformação das redes sociais. (Andrew Harnik/Pool via REUTERS)

O Facebook deletou na quarta-feira (5) uma postagem do presidente Donald Trump em que ele afirma, durante uma entrevista ao programa “Fox & Friends”, da rede de TV Fox News, que crianças são “quase imunes” ao coronavírus. Segundo o Facebook, a afirmação viola a política de controle de desinformação sobre o coronavírus na rede. O post continha o vídeo com a declaração de Trump.

“Este vídeo incluiu alegações falsas de que certo grupo de pessoas é imune à Covid-19, o que configura uma violação das nossas regras sobre desinformações nocivas sobre a COVID”, disse um porta-voz do Facebook.

O mesmo vídeo foi postado pela equipe de campanha de Trump e compartilhado pelo presidente no Twitter, que também bloqueou o post por violar as regras de desinformação da rede. Também o YouTube removeu o vídeo por violação de suas regras a respeito da Covid-19. A entrevista, entretanto, permanece no portal da Fox News.

De acordo com o Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC), embora a maioria dos casos de Covid-19 seja em adultos, crianças e bebês também ficam doentes e transmitem o doença. Segundo a Organização Mundial de Saúde (WHO) , entre os 6 milhões de infectados entre 24 de fevereiro e 12 de julho, 4,6% são crianças entre 5 e 14 anos de idade.