FPL anuncia que não vai cobrar taxa extra de consumidores devido ao Irma

Em outubro empresa de energia havia anunciado que cobraria $4 por mês a partir de 2018, mas mudou de ideia devido à reforma tributária de Trump

0
1477
Equipes da FPL foram ajudadas por companhias de outros estados para restabelecer energia na Flórida depois do Irma
Equipes da FPL foram ajudadas por companhias de outros estados para restabelecer energia na Flórida depois do Irma

Boa notícia para os consumidores da Flórida. A Florida Power & Light – FPL – anunciou na terça-feira (16) que não vai cobrar uma taxa extra para cobrir gastos causados pelo furacão Irma. Em outubro, a empresa de energia havia anunciado que cobraria $4 por mês a partir de 2018, mas mudou de ideia devido à reforma tributária de Trump.

A empresa pretende utilizar o dinheiro salvo com as mudanças no pagamento de impostos para cobrir o rombo de $1,3 bilhão em gastos para reparos pós-furacão. No total, cada consumidor está economizando $250 que seria cobrado na conta de luz divididos em meses.

“A reforma tributária anunciada pelo governo federal veio em ótima hora, quando realmente estávamos precisando cobrir os custos inéditos causados pelo furacão em setembro. Nós acreditamos que esta vai ser a melhor maneira de não repassar os custos aos nossos consumidores”, disse o CEO da FPL. Eric Silagy.

Os consumidores da Flórida já pagam duas taxas mensais para despesas com furacões anteriores: $3.36 para o Matthew e $1.32 por tempestades de 2004 e 2005.