Furacão atinge Categoria 2 no Golfo do México

0
1551

O furacão atingiu Categoria 2, com ventos de 100 milhas por hora, informa o Centro Nacional de Furacões (HNC)

Em Miami, onde voltou a chover intensamente por volta das 12 horas, as autoridades informaram sobre o aparecimento do corpo de um homem, aparentemente um indigente. Com isso, o número de vítimas fatais do furacão chegou a cinco.

Às 14 horas, o olho do furacão era observado 40 milhas a noroeste de Key West, e avançava a 5 m/h mudando seu rumo levemente de oeste a noroeste. Caso mantenha a trajetória, o Katrina poderia ser um furacão de categoria 2 ou 3 no sábado na região de Pensacola, no extremo noroeste da Flórida.

Mas de 1,5 milhão de lares e estabelecimentos comerciais continuavam nesta sexta-feira sem energia elétrica, alguns deles há cerca de 24 horas, desde que o Katrina chegou em terra firme na costa leste da Flórida, no limite entre os condados de Miami-Dade e Broward.

Subiu para quatro o número de pessoas que morreram nas últimas horas na passagem do furacão Katrina pelo Estado da Flórida, no sul dos Estados Unidos.

O Katrina chegou à costa sul da Flórida na noite desta quinta-feira, tocando o continente ao norte de Miami Beach com rajadas de vento de até 80 m/h e ondas de até 4,5 metros de altura. Algumas áreas receberam mais de 30 cm de chuvas na quinta-feira.

Uma das vítimas do furacão foi um homem de cerca de 25 anos, que morreu quando uma árvore foi lançada pelo vento em seu carro na região de Fort Lauderdale.

Outro homem, de 54 anos de idade, foi atingido por uma árvore nas proximidades de sua casa na cidade de Plantation, enquanto uma mulher foi a vítima de um acidente de trânsito fatal em Cooper City.