Governador do Texas despacha mais um ônibus com indocumentados, desta vez para Filadélfia

Entre os imigrantes estava uma criança doente que teve que ser imediatamente hospitalizada após desembarcar

0
681
Uma menina de dez anos de idade foi hospitalizada com desidratação ao desembarcar (foto: Reuters)

O ônibus enviado pelo governador reeleito do Texas, Greg Abbott, do Partido Republicano, chegou ao centro da Filadélfia, na Pensilvânia, por volta das 6:30 da manhã desta quarta-feira (16), com 28 imigrantes indocumentados a bordo. O veículo foi o de número 301 fretado por Abbott para transportar para estados governados por democratas os indivíduos pegos na travessia ilegal para os EUA. A prática adotada pelo político é uma reação a uma suposta invasão de imigrantes estimulada pelo governo de Joe Biden.

“Desde abril, a estratégia forneceu alívio às nossas comunidades fronteiriças, sobrecarregadas pelo influxo histórico de imigrantes. Até que a administração Biden faça seu trabalho e forneça aos texanos e ao povo americano uma fronteira segura, o Texas continuará a tomar as medidas necessárias”, disse o governador em comunicado.

Sob um frio na casa dos 40F, homens, mulheres e crianças foram encaminhados para abrigos púbícos assim que desembarcaram na 30th Street Station. Uma menina de dez anos de idade foi hospitalizada com febre alta e desidratação, conforme reportou a NBCNews.

Por ser considerada santuário de imigrantes, a Filadélfia já estava na lista do governador republicano para receber uma remessa de indocumentados. Mesmo assim, o prefeito Jim Kenney chamou a atitude do texano de “cruel e racista”, e disse que não teve a chance de elaborar um plano para receber as famílias. “Aqueles que chegaram aqui simplesmente buscam segurança e um lugar onde possam construir um futuro. Vamos nos lembrar disso e recebê-los com graça e respeito”, falou Kenney em entrevista coletiva.

Em outubro deste ano, New York city decretou estado de emergência após receber milhares de imigrantes vindos do Texas, que lotaram todos os abrigos públicos. Somente em um dia, seis ônibus chegaram ao local com cidadãos das Américas do sul e central.

Entretanto, na contramão da justificativa do governador Greg Abbott para trasladar os estrangeiros, o governo do presidente Joe Biden estabeleceu um novo recorde de prisão de imigrantes que tentam entrar ilegalmente nos EUA pela fronteira com o México: 2.388,944 somente no ano fiscal 2022, que começou em 1 de outubro do ano passado e encerrou no último dia 30 de setembro.

Quando comparado ao último ano fiscal da gestão Trump, o crescimento das prisões de indocumentados na administração democrata é 419% maior, segundo dados do Customs and Border Patrol.