Governo planeja mandar imigrantes para cidades longe da fronteira

Abrigos, igrejas e entidades que ajudam imigrantes estão sobrecarregados em cidades fronteiriças

0
668
Agente tira impressões digitais de imigrante (Foto CBP)

O Departamento de Homeland Security (DHS) tem planos de mandar imigrantes apreendidos na fronteira e que aguardam audiências imigratórias para outras cidades dos Estados Unidos.

De acordo com documentos obtidos pela NBC, o plano é aliviar abrigos, igrejas e entidades pró-imigrantes em cidades perto da fronteira dos EUA com o México, que estão superlotados.

A ideia do governo seria financiar a ida desses estrangeiros para diversas cidades americanas.

Normalmente, imigrantes que conseguem ficar no País para solicitar asilo são levados para abrigos e instituições religiosas em cidades fronteiriças. De lá, esses estrangeiros pegam ônibus ou voos para outras localidades para aguardar pelo processo de asilo. Mas, muitas vezes, essas pessoas não saem daquela região por falta de condições financeiras.

O esforço está sendo coordenado pelo Immigration and Customs Enforcement (ICE), Border Patrol, entre outras agências federais.

Em comunicado, o DHS disse que nenhuma decisão ainda foi tomada, mas que um trabalho conjunto está sendo feito neste sentido. “Estamos coordenando as ações para dar apoio a essas cidades e abrigos para facilitar esse transporte de indivíduos para diferentes áreas do País”.