Grêmio disputa título mundial com Real Madrid

0
2077

Deu a final esperada. Grêmio e Real Madrid decidem neste sábado, 16 de dezembro, ao meio-dia (horário da Flórida), o Torneio Mundial Interclubes que está sendo disputado em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Os dois chegaram à final após vencerem seus adversários nas semifinais. O Grêmio derrotou o Pachuca do México por 1 a 0, com gol de Everton na prorrogaçào, após o jogo ter terminado empatado no tempo normal. O Tricolor dos Pampas sofreu um pouco no primeiro tempo, mas depois tomou conta da partida. Luan, talvez o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro, esbanjou categoria e obrigou o clube mexicano a destacar um jogador para fazer marcação individual sobre ele, algumas vezes com excesso de rigor.

Embora tenha desperdiçado algumas chances para abrir o marcador, a equipe de Porto Alegre conquistou a vitória graças a uma excelente jogada individual de Everton, que entrou no decorrer da partida. Bruno Cortez cobrou o lateral para Everton, que recebeu, deu um corte no zagueiro e concluiu de perna direita no ângulo do veterano arqueiro “Conejo” Perez que nada pôde fazer. Depois disto, a equipe brasileira apenas tocou a bola e esperou o tempo passar e carimbar sua passagem para a final da competição.

Real Madrid no sufoco

O poderoso Real Madrid, quem diria, suou para bater o esforçado Al Jazira dos Emirados Árabes Unidos. Embora dominasse o primeiro tempo, o ataque do time madrilenho esbarrou na ótima atuação do goleiro Ali Khaseif. Para complicar ainda mais as coisas para o campeão europeu, Romarinho – ex-atacante do Corinthians – abriu o placar para a modesta equipe local. Entretanto, Khaseif sofreu uma lesão e teve de deixar o gramado, sendo substituído por Al Senani. Exatamente no primeiro lance de ataque do Real Madrid, o craque Cristiano Ronaldo decretou o empate com um chute cruzado de esquerda. Quando restavam sete minutos para o final da partida, surgiu Gareth Bale para definir o jogo em favor do Real Madrid e garantir o time da capital espanhola na final.

Incrível marca de Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo é uma máquina de bater recordes. Maior goleador do Real Madrid, da Liga dos Campeões e de competições europeias, o português se tornou na quarta-feira (13) o maior artilheiro do Mundial de Clubes da Fifa. São seis gols, contra cinco de Messi e Suárez, ambos do Barcelona.

VAR

O VAR (árbitro de vídeo, em inglês) foi utilizado duas vezes pelo árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci na vitória por 2 a 1 do Real Madrid sobre o Al Jazira. No primeiro tempo, ele anulou um gol de cabeça de Casemiro. Com a ajuda do vídeo, apontou impedimento de Benzema na jogada. No segundo tempo, quem teve um gol anulado foi a equipe da casa. Boussoufa recebeu livre e tocou para o fundo da rede. Mas o VAR apontou que ele estava adiantado no lance. Na altura, o Al Jazira vencia por 1 a 0. É um recurso que ainda provoca polêmicas, porém, acho que à medida que for implantado será incorporado definitivamente ao futebol. É importante porque ajuda a dirimir dúvidas em lances polêmicos, como no caso desses dois impedimentos assinalados.

Brasil lidera títulos mundiais de clubes, desde a final única

Brasil tem oito títulos, seguido pelos espanhóis, com sete. Decisão entre Real Madrid e Grêmio pode empatar o duelo, ou aumentar a vantagem brasileira. Veja os vencedores:

O Brasil é o país com mais conquistas desde 1980, quando as decisões começaram a acontecer em jogo único: campeão 8 vezes. O São Paulo é o maior vencedor, com três títulos: 1992, 1993 e 2005; A Espanha tem sete conquista de Mundiais de Clubes. O Real Madrid faturou o título quatro vezes, em 1998, 2002, 2014 e 2016; Os italianos aparecem com seis títulos mundiais. O Milan conquistou o planeta em 1989, 1990 e em 2007; A Argentina aparece com cinco conquistas mundiais. O Boca Juniors venceu duas vezes, em 2000 e 2003; A Alemanha tem três títulos mundiais de clubes, com o Bayern de Munique tendo vencido duas vezes, em 2001 e 2013; Os uruguaios tem três títulos mundiais desde 1980. O Nacional ajudou com duas conquistas, em 1980 e 1988; A Inglaterra possui dois títulos mundiais de clubes, as duas vezes com o Manchester United, em 1999 e 2008; Portugal também tem dois títulos mundiais de clubes, as duas vezes com o Porto, campeão em 1987 e 2004; A Sérvia possui um título mundial de clubes, com o Estrela Vermelha, campeão de 1991; A Holanda tem um título mundial, conquistado pelo Ajax no ano de 1995.

Flamengo ficou apenas com vice-campeonato

O Flamengo tinha tudo para reverter o resultado adverso da semana passada, quando o Rubro-Negro carioca perdeu para Independiente em Buenos Aires por 2 a 1. A equipe carioca decidia o título em casa, diante de um público que lotou o Maracanã, e precisava vencer por pelo menos um gol de diferença para levar a decisão para a série de penalidades máximas. E, assim como ocorreu em Avellaneda, saiu na frente com o gol de Lucas Paquetá. Entretanto, um pênalti desnecessário cometido por Cuellar sobre Meza resultou no empate de “los Rojos”, ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, o time argentino mostrou-se mais estável e melhor posicionado em campo e esteve mais próximo da vitória do que o time da casa. O zagueiro Juan salvou uma bola em cima da linha e impediu a vitória do visitante, após uma boa jogada do atacante Gigliotti.

Consequências (esportivas) da perda do título

As consequências esportivas para o Flamengo com a perda do título não são boas. A equipe encerra a temporada 2017 somente com o título de campeã carioca, uma conquista menor em relação aos investimentos feitos pela diretoria e às expectativas geradas pelos torcedores. Como consolo, o Mengo obtém a classificação direta para a Fase de Grupos da Copa Libertadores da América 2018, em razão do sexto lugar obtido no Brasileirão 2017. O regulamento da competição determina que os quatro primeiros colocados do Campeonato Brasileiro se classifiquem diretamente para a Fase de Grupos, enquanto os outros dois melhores classificados se qualificam para disputar a Repescagem da competição. Apesar de ter ficado em sexto lugar, assegurou a vaga porque Grêmio (4º) e Cruzeiro (5º) confirmaram suas participações na Fase de Grupos da Libertadores 2018 por terem sido respectivamente campeões da Copa Libertadores da América e Copa do Brasil nesta temporada. Além de ter frustrado sua torcida, o resultado prejudicou outros três clubes brasileiros: Vasco da Gama, que terá de disputar a Repescagem da Libertadores, juntamente com a Chapecoense; Atlético Mineiro, que ficou fora até mesmo da Repescagem, e Sport Club do Recife, que também não alcançou índice técnico para participar da Copa Sul-Americana de 2018.

Consequências (extra-campo) da perda do título

Infelizmente, presenciamos mais um espetáculo lamentável em uma decisão de futebol. Alguns torcedores do Flamengo propiciaram cenas deprimentes em torno do Maracanã ao tentar invadir o estádio mesmo sem ter comprado ingressos, agressões a membros da torcida do Independiente que veio de Buenos Aires para acompanhar sua equipe, confronto com polícia e quebra de cadeiras do estádio, além de muito susto nos torcedores comuns que apenas foram ao campo para torcer por suas equipes. Como houve também cenas dantescas em Avellaneda, são grandes as chances de as duas equipes serem punidas pela Conmebol (Confederação de Futebol da América do Sul) em razão do comportamento sevagem de suas torcidas. Ambas recorreram à um artifício que se tornou recorrente e já se provou ineficiente: soltar rojões onde a delegação do time adversário está hospedada. Isto apenas incomoda os demais hóspedes, assusta trabalhadores do hotel e hóspedes e, pior, tem pouco efeito. Está mais do que na hora de entender que ser torcedor de futebol não significa figurar num exército paramilitar cujo objetivo é destruir inimigos. Ora, os jogadores, após as partidas, normalmente trocam cumprimentos e camisas ao final do cotejo e entendem que ganhar e perder fazem parte de uma competiçào esportiva. Então, por que motivo torcedores se agridem pelo simples fato de o “inimigo” usar uma camisa de outro clube? O dia que conseguirmos responder a esta questão com sensatez certamente ir à um campo de futebol voltará a ser uma atividade de lazer. Hoje, isto representa risco de vida.

Definidas as chaves da Champions League

Cinco equipes inglesas, três espanholas, duas italianas e uma da Alemanha, Portugal, França, Suíça, Ucrânia e Turquia lutarão pelo título mais cobiçado do futebol europeu: Champions League. A organização do torneio sorteou na semana passada os grupos das Oitavas de Final com dois times cada um que disputarão os mata-matas. Ou seja, só prosseguirão na competição os vencedores de cada grupo que seguirão para as Quartas de Final e assim sucessivamente até se definir os finalistas. Alguns confrontos são bastante interessantes. Aqui está a tabela completa da Champions League:

Tottenham x Juventus

Manchester City x Basel

Liverpool x Porto

Manchester United x Sevilla

Paris Saint Germain x Real Madrid

Roma x Shaktar Donetsk

Barcelona x Chelsea

Besiktas x Bayern de Munique

Ronaldinho Gaúcho senador?

Os próximos passos de Ronaldinho Gaúcho parecem estar mesmo longe dos campos. Segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o ex-jogador se afiliou ao PEN, futuro Patriota, e será candidato a senador em Minas Gerais. Ronaldinho concorrerá ao cargo já nas eleições de 2018, mas vai aguardar o começo do ano que vem para oficializar sua candidatura durante a janela para filiação. Somália, ex-jogador com passagem pelo Fluminense, será suplente de sua chapa. R10 também receberá o apoio de Jair Bolsonaro, que será candidato à presidência pelo partido. Apesar de traçar seu caminho na política, Ronaldinho também já declarou que irá se despedir oficialmente dos gramados no próximo ano. Mas ele ainda joga profissionalmente?